Meu namorado gosta de caras

Não deixe que provocações de amigos atrapalhem seu relacionamento. Faça isto para você e seu namorado, não para os outros. Tenha sempre algumas balinhas de hortelã na bolsa, só por precaução! Evite beijar na frente de pais, irmãos e procure não fazer isto na frente de amigos. Sozinhos em um lugar particular ou escuro será a melhor ... Meu marido, não gosta comunicação, depois casamos mudou , nem intimidade , como ele gordo fala perdeu vontade para sexo, antes de casar me beijava todos os dias, e me procurar fazer sexo 3 vezes por semana, depois casamos mudou muito, falar não sem vontade, só temos 1 ano e onze meses de casados, fora por qualquer coisa pequena mudar humor ... Descobri que meu namorado tem uma preferência No quesito da altura, eu gosto da minha altura, mas outras partes está de boa,mas a altura é oposto, na época ele disse que gostava, acabamos brigando por isso, até falei pq não namorou uma dessa altura? porque ele na época não falou, ele disse que gosta mas se eu pergunta-se altura que é preferência era outra,ele disse que isso não é ... Sair com caras mais baixos pode deixar muitas mulheres inseguras. Se você é alta, é preciso examinar quais suas prioridades na hora de namorar com um rapaz mais baixinho. Para começar, pense em tudo que gosta dele (da personalidade ao... Seu namorado não tem vergonha alguma na cara e já te traiu algumas vezes, mas porque diabos vocês estão juntos até hoje? Se você já foi traída várias vezes e mesmo assim continua com o mesmo namorado, infelizmente temos de afirmar que seu namorado é um grande imbecil e você está sendo feita de trouxa. 7 - Ele não superou a ex até hoje Pessoal, Isso já foi motivo de eu quase terminar algumas vezes. Ele faz muitas coisas pra mim. Tenho dúvidas ainda se ele me ama ou não, apesar de ser gentil e atencioso. Sempre no começo me falava que tal amiga era gostosa, prima, mulheres do serviço...formato do peito sob o decote, etc... Já falou que já namorou uma mulher que todos os caras olhavam na rua. Namoro há pouco mais de dois anos. Meu namorado é incrível, faz absolutamente tudo por mim. Minha família ama ele, e a família dele também me adora. Só que a pouco mais de um mês estou muito desanimada com o meu relacionamento. Ele não fez nada de errado, eu que não estou me sentindo legal. … Eu odeio meu namorado: 13 maneiras infalíveis de fazer com que ele termine você Female-Vida 2020 Já experimentou ter que terminar com um cara porque você simplesmente não gosta dele, porque ele te irrita o tempo todo, ou você simplesmente não o ama mais? É difíc Não quero largar meu namorado, mas também não quero trair meu namorado. Eu sinto atração por outros caras, queria sentir prazer no sexo, mas não é a coisa que mais importa pra mim. Estou chateada por as pessoas sempre ordenarem isso pra mim. Não tenho a opção de desencanar do sexo pro mundo. Qual seria seu namorado no meio Kpop? ... Você prefere caras que: ... apesar disso, é super sensível e gosta de se sentir protegido e cuidado. Assim que se apaixona, ele corre para se confessar a sua amada. Vaidoso e de personalidade cautelosa, não gosta de se sentir solitário, então é melhor não desgrudar! ...

O DIA QUE MEU AMIGO PEGOU UMA CASADA

2020.09.25 13:18 VKS100earnings O DIA QUE MEU AMIGO PEGOU UMA CASADA

Olá lubixquinho do meu coração,gatas soltando lasers pelos olhos,Otto,Tia Carminha, Jeanossauro rex, tuxo o esquecido;-; , editores lindos, maravilhosos, perfeitos e gostosos
Contexto:essa história aconteceu com o namorado da minha irmã o Thomas Shelby (nome fake,pq ele é frio e calculista)
Isso foi em 2017
HIXTÓRINHA:ele tava na rua andando e viu uma garota bonita e decidiu esbarrar nela para puxar papo
Ele esbarrou nela e levou uma lição de moral sobre prestar atenção por onde anda e ele conseguiu puxar papo mas quando ele chegou na idade... Ele tinha 16 e ela 27 kkkkk
Então eles começaram a conversar ele mentiu dizendo que tinha 19 (e realmente parecia pq a voz dele é grossa e ele é MT alto)
Ela acreditou
Papo vai,papo vem
Até que a Raynara diz: você gosta de mulheres mais velhas?
Thomas Shelby:sim,por quê?
RAYNARA: é por quê eu achei você bem legal
Thomas Shelby:eu também, agradeço
Raynara:pelo visto um cavalheiro,como você sabe tratar uma mulher!
Thomas Shelby: obrigado,e a senhora é uma bela dama!
Raynara:um monte de coisa MUITO sexual para mencionar
Thomas Shelby: CENSURADO
Raynara:tchau até mais
Thomas Shelby:tchau até!
2 semanas dos eles continuaram conversando até que a Raynara chama o Thomas Shelby para dormir na casa dela
Raynara:olha é... você quer dormir na minha casa hj?
Thomas Shelby: é claro que sim,querida!
A esse ponto eles já eram amantes só que ele não sabia que ela era casada
Então eles fizeram "aquilo"
E o Thomas Shelby se veste,sai de lá e da de cara com,o marido dela kkkkk
Thomas Shelby:bom dia senhor paractus (Sobrenome fake)
Marido dela:Bom dia, você é o Thomas não é? O garoto que esbarrou na minha esposa e derrubou todos os documentos dela
Thomas Shelby:sim,eu mesmo
Dps disso o Thomas se apressa pra ir chega em casa me encontra na sala vendo TV me conta tudo
Minha única reação foi dizer:mano,que filha da poopagem (efeito abelhão)
Se você leu até o fim beijim no ombro
submitted by VKS100earnings to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.21 12:02 Silverwxyz Meu parceiro gringo rico me agrediu fisicamente e me jogou na cara que sou brasileiro prostituto

Quem aí é pobre e gostaria de um príncipe encantado pra te tirar da miséria e viver num castelo… de preferência na Europa com um bom padrão de vida? Pois é, encontrei algo parecido (só que não). Quem procura esse tipo de coisa ou aceita entrar nessa talvez seja bom saber que muitas vezes a vida não é esse conto de fadas.
Resolvi tentar minha sorte na Europa, Itália. Sou professor de inglês formado, sempre fui independente, mas na Europa dificilmente contratam um brasileiro pra dar aulas de inglês. As escolas preferem falantes nativos dos EUA ou Inglaterra. Mesmo se eu tivesse 100 anos de cursos e experiência, nunca vou deixar de ser brasileiro, e a maioria das escolas nem pega o currículo. Minha formação não vale muita coisa na Europa. E o mercado pra dar aulas de português é quase inexistente.
Nisso eu conheci um cara, gostamos um do outro… fui morar com ele. Percebendo minha dificuldade pra encontrar bom trabalho, ganhando pouco, ele propôs pra eu trabalhar menos e voltar a estudar, fazer outra graduação. Detalhes: ele é rico e tem o dobro da minha idade, eu 30 e ele 60. Sim, eu prefiro homens maduros. Aí é que está o problema, aliás, vários problemas: nossa grande diferença de idade, classe social, minha nacionalidade considerada “inferior”, a fama da prostituição dos brasileiros…
Desde o início passei por várias situações desagradáveis… Alguns amigos dele me perguntaram na cara mesmo se sou prostituto brasileiro e se não estaria com ele por causa do dinheiro. Ele brigou com esses amigos por causa disso.
São muitos desafios manter uma relação assim. Já é difícil pelo fato de sermos dois homens, e com grande diferença de idade! Se ao menos ele tivesse uns 10 anos a menos, seria mais fácil eu apresentar pra minha família... Minha mãe jamais aceitaria eu estar com um homem mais velho que ela.
Algumas vezes tentei terminar a relação. Já estive prestes a sair de casa, ele não deixou e disse: “Termine seus estudos, eu gostaria muito de dar isso pra vc. Depois você vai embora e encontra alguém mais jovem que eu”. Na verdade desde os primeiros dias que nos conhecemos ele sempre tentou me comprar, com luxos, viagens, e já no início da nossa relação disse que não tem herdeiros e procura alguém mais jovem como eu pra deixar tudo. Várias vezes ele me pede pra gente ir assinar os papéis do casamento e herdarei tudo. Ele diz exatamente isso! Aliás, ele já disse que fez o testamento dele declarando que sou o herdeiro.
Eu e ele sempre fomos bons amigos, tivemos uma conexão forte, sem problemas na relação, algumas briguinhas cotidianas, nada de mais…
Um ponto negativo é que ele é abertamente racista. Costuma fazer comentários contra negros, e sempre que ele tem oportunidade ele faz piada com o fato de eu ser brasileiro, diz que venho da selva, de um país perigoso, subdesenvolvido, que faço vodu, macumba… Antes ele era casado com uma moça da Guiana e depois teve um namorado da Venezuela. Ele culpa a origem latino-americana dos ex-parceiros pelo temperamento difícil e comportamento “primitivo”. Ele gosta de pessoas mais jovens. Como seria numericamente mais difícil ele conseguir um jovem europeu que queira morar com um velho, ele tem o histórico de pegar jovens desfavorecidos do “terceiro mundo” pra ajudar a trabalhar e estudar, todos os relacionamentos dele foram assim. Ou seja, ele mostra toda sua riqueza, tenta impressionar, e depois teme que está sendo usado, comprando alguém, e nos conflitos acaba sendo racista e usando o poder financeiro pra dominar e inferiorizar.
Se eu não respeito alguma “etiqueta” ele diz: VC VEIO DA SELVA MAS AGORA ESTÁ NA EUROPA, PRECISA SABER SE COMPORTAR. Na verdade eu não me sentia ofendido, ele é alemão e eu apenas retrucava falando coisas negativas de alemães. Eram piadas de mal gosto que fazíamos um contra o outro… E como resposta eu beliscava os mamilos dele, ele odeia quando faço isso. Já era um costume nosso.
Mas essa simples besteira desencadeou um conflito. Há dois dias estávamos na rua, eu tremendo de frio, e ele fez piada: VOCÊ É UM ANIMAL DA SELVA MESMO. NÃO ESTÁ FRIO. Em resposta, belisquei o mamilo dele, e desta vez ele teve um ataque de fúria. Ele apertou meu braço com bastante força, arranhou, tirou sangue. Ele nunca tinha me atacado dessa forma. Fiquei bastante chateado e passei o resto do dia sem conversar com ele. No final do dia, mostrei pra ele os hematomas, isso não se faz. Começamos a brigar e daí ele já abriu a porteira, falou várias coisas racistas, e por fim disse que sou um prostituto. Estávamos prestes a nos atacar fisicamente, ele veio pra cima de mim pra me dar socos. Eu empurrei, fiz posição de defesa e disse: EU SOU MAIS FORTE QUE VOCÊ. SE VOCÊ OUSAR, EU QUEBRO SUA CARA E TIRO SANGUE DE VERDADE. Ele recuou, sentou-se na cama e ficou acuado ofegante, tremendo, vermelho.
Estamos juntos há 4 anos, sempre tivemos uma relação pacífica, sem grandes dramas, nada parecido com isso tinha acontecido entre nós, foi bastante extremo. Estamos sem conversar há 2 dias na mesma casa, desviando um do outro, está insuportável. Eu já fiz dois anos de curso, precisaria de mais um ou dois anos pra terminar. Na Itália é quase impossível trabalhar, se sustentar e estudar ao mesmo tempo, as aulas são em período integral, precisa de dedicação quase exclusiva.
O que vocês fariam?
Tentariam engolir tudo isso, tentar fazer as pazes e procurar terminar o curso, ter um sonhado diploma europeu. Ou desistir de tudo... achar qualquer emprego, qualquer lugar pra morar... Ou voltar pro Brasil nesse período de crise, sem dinheiro e sem muita perspectiva?
Enfim, pra quem leu até aqui fica a lição: tentem ser independentes, donos dos seus próprios narizes e liberdade. O risco de depender de alguém é sempre alto... mais cedo ou mais tarde podem jogar isso na sua cara.
...
Resumo: moro na Europa com um homem rico e mais velho que me deu oportunidade de estudar. Tivemos um atrito bobo que desencadeou um conflito, ele é racista, me chamou de prostituto brasileiro. Já fiz metade do curso. Não sei se engulo e tento terminar os estudos ou se desisto de tudo.

UPDATE: Gente, obrigado por todas as mensagens! Eu já estava me preparando pra receber pedras aqui... porque na vida real recebi várias pedras por eu ser jovem, pobre e estar com um homem mais velho e rico. Mas de certa forma me impressionei por ninguém aqui ter me julgado.
O desfecho até agora: ficamos 2 dias sem conversar. No terceiro dia, ele veio pedir desculpas, disse que ele estava um pouco sob efeito de álcool, disse que entendi errado. Ele disse: EU FALEI QUE VC ""AGE""" COMO PROSTITUTO QUANDO APERTA MEUS MAMILOS, FALEI ISSO PORQUE NÃO GOSTO QUANDO VC FAZ ISSO. NÃO DISSE QUE VC ""É"" PROSTITUTO.
Ele disse que me conhece, sabe que não sou prostituto e não faria sentido ele dizer isso. Disse que entende que sou sensível com o uso da palavra "prostituto" por causa da minha nacionalidade e situação de estar com ele, mas que não foi intenção dele atacar esse ponto. Enfim... ele tentou se esquivar, contornar a linguagem pra forçar outro sentido, que o conflito tomou uma proporção descabida, disse que foi o álcool. Não colou muito na minha cabeça, mas pelo menos ele pediu desculpas e disse que sou parte da família dele e que meu futuro significa muito pra ele...
Eu só ouvi, fui meio frio, mas aceitei o pedido de desculpas. Ele é alemão, depois disso não nos abraçamos, não nos beijamos. O clima ainda está um pouco estranho, mas tudo pacífico e tranquilo.
Obrigado por todos os conselhos!
submitted by Silverwxyz to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 19:01 HappyPressure8291 Razão ???

Então, recentemente eu e meu namorado temos desgastado bastante a relação com discussões relacionadas a insegurança, paranoia e etc. E penso que por agir muito pelo emocional, eu acabo sendo a mais imatura da discussão, não é fácil lidar com isso, pois essa imaturidade atinge muito mais a minha pessoa, visto que ele super compreende eu estar sendo emotiva e achar que não aconteceu nada de mais. Um exemplo bem prático disso é o fato de ontem termos discutido e ele foi dormir tranquilo e falando que me ama mesmo eu super brava e pedindo pra ele tirar a foto de perfil e aceitar que vamos terminar por que não tem muito o que se fazer, enquanto que fiquei a madrugada toda pensando em muita coisa e fazendo testes de insegurança, de saber se o parceiro é traíra. Bom depois de tudo que eu disse acima, já devem imaginar quem é o mais inseguro da relação, ah também sou a paranoica(óbvio) e sou para a surpresa de quase ninguém. Muito ciumenta, e foi por esse motivo em especifico que brigamos, eu não consigo ver esperanças na minha evolução, e sinceramente, o que era um ciúme normal é que tá evoluindo pra outras coisas piores(possessão e etc. ), talvez por que tenho andado mais emotiva que antes nessa pandemia(no qual muita coisa ruim tem acontecido na minha casa) não sei... Mas fiz essa postagem por que estou muito indecisa racionalmente sobre uma questão. Uma amiga nova chegou na área, que na verdade já era colega a algum tempo, mas só agora que essa amiga terminou o namoro eles conversam com certa frequência e bastante intensidade(fotos, memes, vídeos, fofoca, conversa sobre a vida), incluindo muito esforço da parte dela para manter a amizade com ele. Engraçado é que acabei me envolvendo com ela também, ela é uma ótima pessoa, mas mesmo assim me sinto muito insegura, sei que ela tem outras pessoas na vida dela, mas não entendo a insistência em ser nossa amiga, pois nem parece que ela gosta mesmo de mim, e o meu emocional com certeza afirma que ficaria muito feliz com o termino da amizade entre eles. Mas racionalmente sei que isso é muito abusivo, eu controlar algo que eu nem deveria. Mas para frisar minha insegurança, tenho que dizer que me assusta muito quando ela diz coisas como ''eu me apoio na amizade com um cara e acabo gostando dele, sempre fiz assim, supri minha carência com outros caras'' isso é ameaçador pra mim sabe?... Eu só consigo imaginar nela vendo o quanto meu namorado é um cara bacana e acabar gostando dele e tende real motivo para não gostar de mim e só me manter por perto por falsidade sabe?. O que aconteceu com ela no termino do namoro não desejo a ninguém, ela ainda tá muito confusa, e eu queria que ela não se sentisse assim e de certa forma culpada, então no começo até apoiei bastante a amizade dos dois, falava pra ele perguntar se ela tá bem, tentar distrair ela... me arrependo disso, eu não devia ter responsabilizado ele por algo que eu mesma poderia ter feito por ela. Mas eu queria que ela se sentisse acolhida por nos 2, e acho que é assim que ela se sente agora, mas não posso negar que ainda vejo como ameaça, não sei, talvez ela tenha mudado o suficiente para não ficar mais querendo depender emocionalmente de alguém assim... mas vai saber? isso nem é algo tão ruim quando esse alguém tá disposto a te ajudar de verdade a se sentir segura e tals. Foda é que eu não consigo estudar, pensando que vou passar muito tempo fora e que ele vai tá tão envolvido com ela, por que coincidentemente ele tava no seu intervalo de estudos, e acabou compartilhando opiniões parecidas com ela e etc... sla... muita paranoia pra descrever aqui, mas eu realmente não sinto que estou pronta pra aceitar essa amizade. Ele e ela, que eu conheço bem, combinam mais do que eu e ela ou eu e ele(ele é mais amigo dela). No jeitinho de ser, de acreditar nas pessoas, pensar o melhor delas kk. Eu não sou assim vey... já sofri demais com as pessoas pra isso, inclusive da parte desse namorado, coisas parcialmente superadas, mas que a gente ignora, e que, desde que não aconteça de novo, da pra manter a relação. Resumindo, essa gama de defeitinhos meus, me fazem ter certeza de que eu só tenho algumas poucas soluções racionais pra isso tudo, vou listar 3: 1- Continuar próximo dos dois(por que longe eu já não consigo aceitar gst dos 2, n qro parecer um monstro, só sou humana sabe: imperfeita, cheia de problema, depressiva, ansiosa, to carente e etc kkk) e me esforçar(mesmo que doa muito) pra acreditar(mesmo que seja difícil demais) que eles só serão amigos mesmo; 2- terminar o namoro e desejar muita felicidade pra ambos que foram meio que motivo do termino, juntos ou não e 3- fazer que ele se distancie dela por tempo indeterminado, mas se possível bem breve(gosto que ele tenha amigos, isso faz ele feliz), até que eu pense melhor sobre tudo, sem que eu precise me distanciar dele que é a pessoa que eu mais amo, alias a distância entre ela e eu nem é uma opção, mas pode ser sim consequência, só que de fato eu até gosto de compreender o significado que ela tem na vida das pessoas ao redor dela e vejo isso conversando com ela, o que é bom, já que meu namorado é um pouco sonso ao me dizer o que ele acha que ela significa pra ele, ele diz: ''não sinto nada'' mas até eu não consigo dizer isso aí. Sinto compaixão por ela, carisma da parte dela, simpatia e etc. Mas vale lembrar que tenho um pouquinho de medo, por que acho ela muito melhor que eu, só por ter essa essência e ela auto afirmar as vezes que consegue conquistar qualquer um com boa conversa, é mais ameaçador ainda, e pode ser bobo mas por mais que no começo eu achava fofo agora comentar ''que casal fofo'' e coisas similares a ''meu casal''(Vitão 2018), me causa pavor, kkkk brincadeirinha kkk. Raiva tenho também, mas só dele mesmo, por ser sonso a ponto de dizer também ''que tal nos usar essa metadinha de 3 com ela?''. AFF do nada, num momento nosso qnd estamos vendo fotos juntos e umas metadinhas DE CASAL pra usarmos. Na verdade, se eu não fosse tão insegura até que seria uma boa ideia, mas qualé, ele sabe como sou... acho que me desrespeitou nesse sentido, de ver que eu tava me esforçando pra não falar dela, pq sempre acabo desgastando muito a relação cm muita paranoia, e ele ir e falar dela, me deixa pensativa e séria de novo, pra compensar ele concordou com essa terceira opção minha ''3 fazer que ele se distancie dela por tempo indeterminado, mas se possível bem breve''. Que sinceramente seria a que mais me deixaria feliz, e aí gente, acham que se eu repensar, consigo equilibrar melhor a razão e a emoção? e talvez ache uma opção mais sensata do que essa última. Acham que estou sendo ciumenta em excesso? e que eu devo me responsabilizar sozinha(msm ele sendo um fator pra minha insegurança) por isso, não terminando mas dando um jeito. ME AJUDEM! EU QUERO SER UMA BOA PESSOA, sem isso eu não me sinto mais nada nesse mundo e posso querer acabar com tudo logo(eu sei que preciso de terapia), por que só vejo sentido naquilo que tem sentimento e minha vida se resume muito a ser boa pra ele, alguns amigos e pro meu doguinho que ele prometeu cuidar caso algo aconteça comigo. :) ''Por que não vou ao psicólogo? bom, não tenho grana, simples. Desde já agradeço a pessoa que ler esse texto enorme, tentei ser bem objetiva e clara sobre tudo, espero que tenham compreendido.
submitted by HappyPressure8291 to desabafos [link] [comments]


2020.09.13 22:39 TravsTravinho Por que as pessoas têm medo de assumir um namoro? Por que é tão difícil mergulhar no amor e aproveitar os bons momentos?

Eu (20H) conheci esse menino (19H) no Tinder faz alguns meses, acho que há uns 4 ou 5 pra ser mais exato. Ele é bem bonitinho e é o meu tipo rs, mora em uma cidade que fica meia-hora de estrada da minha. Eu me divido entre morar aqui e em outra cidade (300km de distância) onde faço faculdade, e ele faz faculdade do outro lado do Brasil. Ambos estamos de volta nas nossas cidades natais por conta da quarentena em 2020 e das aulas estarem rolando online.
Nós conversamos alguns dias sem parar por mensagem, eventualmente esquecemos um pouco, mas depois voltamos a conversar por ter dado um segundo match no Tinder, daí fui bem direto, já que nunca consigo um date nesse raio de aplicativo e resolvi chamá-lo pra sair (isso em Julho). Saímos, ele veio pra cá, e como eu tenho carro a gente começou a dar bastante rolê por aqui, e depois eu sempre levo ele de volta na cidade dele, ficamos sempre batendo papo até de madrugada no carro. Contudo, ele não pode ficar aqui em casa e nem eu posso ficar na casa dele, porque ambos estamos ficando na casa dos pais.
A maneira que achamos de ter um momento foi a de irmos para a cidade onde faço faculdade, lá eu tenho minha casa e podemos passar um tempinho mais íntimos. Acho que no nosso quarto date fomos passar uns 4 dias lá. De qualquer forma é meio caro, e pegar um avião pra cidade dele não é uma opção também, pelo menos não agora com o preço das passagens. Normalmente fazemos sexo no carro perto da casa dele, e sim, eu sei, é triste a vida do gay que não pode ter intimidade com alguém.
De qualquer forma toda semana a gente se encontra, ele não tem tanta grana e acaba que eu pago muitas coisas pra ele. Durante o mês de Agosto, entre a viagem pra minha cidade, idas e voltas da cidade dele, restaurantes e gasolina eu acabei gastando 2.100 reais!!! Eu não sou rico nem nada, eu só ganho uma boa bolsa de 1.500 reais pela faculdade, que não tenho usado pra nada esse ano (to na casa dos meus pais desde Março) e tenho um tantão desses meses todos guardado na poupança para viajar ano que vem.
Estamos muito bem até então, passamos noites e noites conversando no Discord, vendo Netflix juntos. Ele já sabe muito sobre a minha vida, sobre meus relacionamentos passados, meus amigos, minha família e eu sei sobre o dele, incluindo o péssimo passado que ele teve com um ex-namorado abusivo. Ele me diz que sempre foi um inocente apaixonado, e se jogou muito facilmente nesse relacionamento com o ex, o que gerou muitos traumas, crises de pânico, rolou traição e mais um monte de coisas bem pesadas que não quero falar aqui.
Eu sou um cara bem de boa, ele diz que eu sou um príncipe, que nunca conheceu alguém que o tratasse tão bem, que fosse tão inteligente, atencioso. Acho que parte disso é que nos meus relacionamentos passados eu aprendi a me importar muito com quem eu amo, e realmente, eu sempre faço muitos elogios pra ele, tento fazer ele se sentir seguro, e por mais que ele tenha dificuldades de acreditar que alguém realmente gosta dele, sempre gosto de afirmar como ele é importante, autossuficiente, e merece tudo de bom no mundo, que ninguém mais pode fazer com ele o que o ex fez. Eu sou o tipo de namorado que mostra o quanto gosta e se importa desde coisas pequenas, como abrir a porta do carro , até imaginar que eu me jogaria na frente de um tiro por quem eu amo, e eu o amo. Amo muito, nunca conheci alguém assim, e eu sei quando é paixão e quando é amor, sou novo, mas eu sempre fui meio precoce rs e precisei amadurecer muito cedo na vida.
Ele disse que me ama primeiro, não sei, eu aprendi a não admitir isso tão cedo, ver onde estou pisando e ver se realmente há reciprocidade. Posso tecer mil elogios mas só digo que amo quando tenho certeza. Tudo parece muito perfeito (exceto pelo dinheiro rs), mas ele não quer namorar, ele tem medo, muito medo. Medo de se entregar e fazerem de novo com ele o que ele sofreu, medo de que algum príncipe como eu resolva mudar meu jeito repentinamente e vire um monstro, usando da dependência emocional dele como arma, chantageando, traindo, etc. Medo de voltar para a cidade da faculdade dele e estar preso em um relacionamento com alguém há quase três mil quilômetros de distância, por mais que eu não veja problema em voar até lá para vê-lo. Medo da palavra “namorado”.
Sério, a gente já faz tudo que um casal de namorados faria, talvez seja meio cedo, mas ele diz que não quer ficar com outras pessoas além de mim, e eu digo o mesmo, ele diz que me ama e que não vê o dia dele sem falar comigo, que não consegue ficar longe de mim por muito tempo e já morre de saudade quando a gente se despede, ficamos conversando no carro, ouvindo música, mostrando qualquer coisa no celular um pro outro até a bateria acabar e perdermos noção do tempo. Já cheguei em casa 5h da manhã uma vez sem saber que horas eram ou por quanto tempo ficamos juntos. Ontem assistimos um filme em call pelo Discord e eu assisti ele dormir por umas duas horas enquanto eu estudava para uma prova que fiz hoje cedo, e quando ele acordou no meio da noite disse que não queria desligar, que queria dormir sentindo como se estivesse comigo, abraçando o travesseiro. Mesmo assim, ele não quer me chamar de namorado.
Mas, se o sentimento que eu sinto por ele é tão bom e puro, se nosso amor é tão saudável e cresce cada dia mais, por que precisamos nos segurar e não nos jogar no amor? Como pode uma pessoa traumatizar outra a ponto de alguém ter tanto medo de uma palavra?
submitted by TravsTravinho to desabafos [link] [comments]


2020.09.10 19:20 sweet_gih A tia do meu namorado me odeia

Meu namorado é filho de americano com brasileira. Quando eu estava conversando com a avó dele que mora na Califórnia,eu ouvi a tia dele dizendo no fundo "brasileiro é porco! Essa menina e ele não vai dar certo" eu fiquei de cara com isso e comentei com o meu namorado. Ele disse q a tia dele não gosta do Brasil pq acha que todo mundo é ladrão....????????????????. Não tô zuando não galera,ela realmente acha isso..ela acha q eu vou roubar toda a família do meu namorado kkkk..aí aí mano,é cada coisa. Ele disse que não é pra mim ligar pra ela..mas poxa..É ruim essa situação né mano,na ação de graça ela já disse que se eu for ela não vai.
submitted by sweet_gih to desabafos [link] [comments]


2020.09.02 17:49 _Emiko_ Sou babaca por falar que a minha ex deve terminar com o atual namorado porque ela não esta feliz de verdade?

Olá luba :D, como está?e as gatinhas elas estão bem? :), sou capixaba, então não tenho sotaque, mas usamos muitas palavras como "gastura"(de se sentir desconfortável) e "bota" (de colocar algo) e várias outras palavras que esquecikk
Você pode já estar pensando que "não, você não é a babaca" ou talvez esteja falando que eu sou sim, mas leia atentamente a história, pois ela pode dividir opiniões facilmente
Essa história aconteceu recentemente (essa semana podemos dizer? k) Começou quando eu voltei a falar com a minha ex depois de muito tempo, e saber sobre o motivo ela ter me abandonado antes (alguns meses atrás tinha tentando voltar com ela, porém ela muito insegura por causa da minha infantilidade que eu tinha quando namorávamos, ela meio que "fugiu" e ficou com outra pessoa, mesmo me dando esperanças de que ia voltar comigo na epóca)
Enfim, vamos chamar ela de "Carmen" (é quase o nome real dela mas blz)
A Carmen voltou a falar comigo, porém ela disse que estava num relacionamento com um cara, e que não ia terminar com ele, porque ele ajudou ela muito com os problemas dela até ai eu fiquei de boa com isso, se ela estava feliz é claro (mesmo eu chorando todas as noites sabendo que ela não ia voltar...não por agora...)
enfim, conversa vai, conversa vem, CONVERSA ESTRANHA.... e conversa, constrangedora? chegamos no assunto do namoro dela, perguntei se eles já... (tu sabe....) ela disse que não pois ele estava em tratamento, blz e eu perguntei se ela realmente amava ele
ela disse que não, que me amava ainda, e que estava com ele por tudo que ele fez por ela, e que não podia abandonar ele sem motivo
eu perguntei se ela estava feliz com aquilo
ela disse que "estava", mas que faltava algo (amor, neh, amor)
eu fiquei pasma com aquilo, ela estava com ele por RECONHECIMENTO? e que talvez nem estava tão feliz? falei pra ela conversar com ele sobre os sentimentos deles e chegarem a um acordo, porém ela teimou e disse que não iria fazer isso. enquanto isso, ela me chamava de bebê, que sentia minha falta, que gostava de mim, pediu nudes algumas vezes, e ainda por cima, me dava a ideia de eu VIRAR AMANTE DELA (o que eu não aceitei claro, eu estava perdidamente apaixonada por ela, mas não ao ponto de virar segunda opção dela) o que a deixou bem surpresa, foi eu não ter aceitado. eu estava ficando com esperanças de que ela iria voltar, por causa dessas coisas que ela falava comigo, ela estava realmente me iludindo
teve uma hora que eu confessei que tava mal por ela estar num relacionamento, e que eu ainda a amava muito. sabe oque ela fez? ME MANDOU FICAR COM UM MENINO (mesmo ela sabendo que sou LÉSBICA) e insistiu pra mim fazer isso, como se pra ela, um p*u resolve todos os problemas de carência
eu fiquei muito mal, ficamos um dia sem se falar, até ela chegar pra mim e ser direta comigo (um detalhe, foi tudo por whatsapp pois ela mora no RJ e eu no ES) disse que não ia terminar com ele, por tudo que ele fez pra ela, e que se fosse pra gente parar de se falar por que eu estava mal, ela faria
MAS EU FIQUEI COM ÓDIO REAL, eu comecei a tacar uns "então você prefere parar de falar com uma pessoa que realmente gosta, pra ficar com um cara que você nem ama? e ainda me dando expectativa falando que me ama, me chamando de bebê e me propondo ser sua amante?" continuei:
"você prefere não ter sua própria felicidade com a pessoa que realmente gosta, por causa desse cara?"
"se for pra ser assim carmen, então é melhor pararmos de se falar mesmo, porque eu ao contrário de você, quero ser feliz com quem eu amo de verdade, e não viver uma mentira" eu a bloqueei depois disso
logo depois, meu pai que falava com ela também, me disse que ela disse pra ele que ainda estava com o cara, pois ele está fazendo tratamento de câncer, e ela não pode abandonar ele, e que esta com ele por dó (isso mesmo que ela disse) e que na verdade, gosta dele como um irmão. eu disse que não ligava, e eu realmente não ligo.
eu tenho dó do cara, porque ele ta amando ela sozinho. Eu fico triste em saber que ele ta com câncer e vivendo uma ilusão com uma pessoa que não o ama como um namorado, e sim ama outra pessoa, e que se ele soubesse disso, ele se acharia um peso pras pessoas.
enfim, eu sou a babaca por ficar puta e parar de falar com ela, ou eu devia simplesmente ter aceitado e continuado a falar com ela como se não fosse nada pra mim?
(eu até enviaria prints, mas meio que eu já exclui o contato dela)
submitted by _Emiko_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.01 16:25 Venxs666 sou babaca por falar pra minha "amiga" que ninguém gostava dela??

Olá luba, editores, gatas e turma que está a veler, toda vez que eu lembro dessa história, eu dou risada (ou tenho um ataque de nervo por causa dessa menina). Vou explicar a minha história com essa menina desde o começo pra vcs entenderem :):) Tudo começou no 6° ano, eu era nova na sala e fui tentar fazer novas amizades, até aí tudo bem. Alguns dias se passaram e fui fazendo amizades incríveis (mas infelizmente não tenho a amizade da maioria delas por uns problemas, talvez uma futura história pra vc luba??😎) ENFIM, isso não importa kkkk Entre essas amizades, sempre tem aquela pessoa tóxica e que a gente nunca percebe, e essa menina (que vou chamar de carls) era a tóxica. Eu tinha um professor de matemática que vendia trufa nas aulas e no recreio, e a carls sempre foi muito amiguinha desse professor, pois ela já teve aula com ele antes. Ela sempre levava dinheiro pra escola pra comprar essas trufas e esfregar na nossa cara que ela tinha dinheiro e a gente não. Em um belo dia, eu consegui juntar dois reais pra comprar a trufa do professor. Cheguei na sala toda pimposa toda linda com os meus 2 reais, e ela aparece na minha mesa me pedindo os MEUS dois reais, dizendo que ia me pagar depois. (DETALHE: eu tô esperando ela me pagar até hj kkkkk) até aí blz, a tonta aqui deu os 2 reais e ficou passando vontade a tarde toda.... Até aí tudo bem, já comecei a não gostar dela e me afastei dela. Ano novo, vida nova mas sala velha, caí na mesma sala com as mesmas pessoas. Eu até achei estranho por ela não me encher o saco, ATÉ QUE ela aparece pra me atazanar (tava comemorando cedo demais grr😡) e começou a falar que eu não era uma boa amiga para as meninas (minhas amigas) e que eu devia parar de falar com todo mundo. NISSO já me subiu o sangue, mas eu consegui segurar e fiquei quieta. Alguns minutos depois, uma menina (que era do 8° ano na época) entra na sala pra falar com a professora sobre algumas atividades E A CARLS fala: "Vai embora daqui menina, não gosto de você, ninguém gosta, não sei oq vc tá fazendo aqui" **A MENINA FICOU SEM GRAÇA TOTAL** e eu já tava nervosa com ela e falei: "Não sei do que vc tá falando, vc tá aqui na sala e ninguém gosta de vc ou te suporta". LOGO DEPOIS ela foi na sala da diretora e a minha mãe foi convidada na escola pra falar com ela, e adivinha😎 nem falei pra minha mãe sobre isso e ela NÃO foi kkkkkk esse ano ela causou tbm, pq ela tentou me diminuir dizendo que eu não sou boa o suficiente para o meu namorado, mas eu ignorei e agora ela pede todas as lições (EAD) pra mim. E é isso lubixco/turma.
submitted by Venxs666 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.29 20:00 PatoPatolina Tenho invejo e não sei como parar com esse sentimento ruim

Tudo começou quando conheci as mídias sociais da minha cunhada. Sim, eu estou num relacionamento e meu namorado sempre escondeu quem era a irmã dele. Até que um dia ele me mostrou o Instagram dela. Caralho, tô mortinha de inveja. Já chorei até de raiva. Meu namorado fica puto quando fala dela e diz que ela é burra e nem gosta do namorado dela ( é mais velho que meu namorado mas vive de YouTube a lá Felipe Neto). E pra explicar de onde vem minha inveja vou desabafar as merdas que eu sinto/passo na vida. Nos somos imigrantes de países diferentes, i vivemos num terceiro país, viemos por razões econômicas de estudo e trabalho. Falamos a língua local. Mas eu dou aulas de outro idioma e sou formado com mestrado na área de exatas e to aprendo o idioma do país dele, sim eu já sou fluente em 4 idiomas. Ele é programador. Pra conseguir estudar e trabalhar aqui é dar conta da vida eu saio de uma aula as 12:15 e preciso pegar um as 12:20 pra chegar em meu trabalho. E como é part time eu não tenho intervalo. Ou seja eu só tenho café da manhã e janta. E tá melhor que meu antigo trabalho que era camareira num hotel cinco estrelas. E a inveja é pq a minha cunhada é mais velha que eu e nunca precisou bater um prego na barra de sabão. Só tem ensino médio, não sabe editar vídeo ( o canal dela é mostrar a minha vida - e de fato ela edita mal pra caralho, inclusive os TikTok são mal feitos ) e basicamente ela tem 10x mais views quando o namorado dela aparece. Mas ainda sim consegue monetizar os vídeos e ganhar dinheiro. Meu namorado qualifica como ruim mas eles vivem disso. No dia que chorei foi quando resolvi ver um vídeo e lá mostrava os lindos joelhos sem manchas e ela mostrava como eram as quartas-feiras lindas de academia comida saudável, Netflix e cuidados de skin care, e eu me sinto uma merda por que meu joelhos ganharam um tom preto/roxo por causa do meu trabalho de camareira que eu tinha que limpar os banheiros de joelhos e fazer as camas de joelhos( as exigências de limpeza são enormes, e super puxado eu abri meu pulso, duas infecções urinárias pq não podia fazer xixi e um travamento enorme na coluna depois de seis meses de inferno consegui outro trabalho) mesmo assim não consegui me livrar das manchas. De tão detonador que era. E eu chorei de inveja, caralho eu mal tenho tenho tempo pra cuidar de mim. Pq eu tenho que trabalhar, em dois empregos mais aulas particulares pra conseguir juntar dinheiro pra estudar e ficar legal nesse país,não quero voltar pro Brasil . Pagar aluguel e pagar algumas contas. Não sobra pra comprar uma blusinha ou uma calcinha, se for necessário eu tenho o suficiente pra comprar em uma loja de usados o que não tá em mais condições de uso ( olha que eu remendo minhas roupas). Eu nem sei o que é comprar algo novo numa loja mais. Meus produtos de beleza é o sabonete, shampoo e condicionador e creme hidratante na promoção que achar no mercado. Enquanto isso minha cunhada ganha mil produtos e nem faz review, só recebidos. Pra mim a vida sempre foi horrivelmente dura, ou me formava ou seria pior, ou eu aprendia mais dois idiomas mesmo tendo dislexia, ou nada. Muita ralação, pra ver gente levando uma vida super mansa. Postar vídeo falando que é vegetariana mas posta foto comendo peixe, e até calzone de queijo com presunto. E ganhar refeição grátis de restaurante. Pra completar meu combo descobri que sua sogra foi modelo, o sogro foi fotografado de celebridades de revistas de moda. Eu tenho sobre peso, diria que minha beleza é mediana pra baixo. Como é que vou encarar a família dele quando tiver que visita-los no natal? A situação é de um jeito que sou eu que tem que aprender o idioma deles pq eles não precisam aprender algum que eu fale( nem o básico inglês) l. E sim eu tenho inveja da dita aí que parece que nunca precisou botar a cara no sol, e já tem botox e afins quanto eu torrei toda a minha grana pra conseguir imigrar e minha vida parece que nunca vai pra frente. Mesmo eu me dedicando pra caralho, fazendo curso on-line e outro presencial, trabalhando e tudo. Pq se eu não fizer isso eu nem sei se vou conseguir comer, ou conseguir ficar. Eu me sinto horrível por ter esse sentimento mas é simplesmente frustrante ver o quanto eu fiz e nunca consegui o emprego em minha área. Eu basicamente sobrevivo de dar aulas que diga-se não dá muito dinheiro vc precisa trabalhar as vezes 12 horas ao dia pra conseguir alguma grana. ( 12 horas de aulas fora planejamento) um horário tão apertado que nas suas horas livres vc tem que planejar. Eu só tenho livre os domingos depois das 5 da tarde. Ai eu vejo minha linda cunhada indo viajar, indo comer em restaurantes que mesmo que eu pudesse eu não posso pq to trabalhando. Não dá. Simplesmente morro de inveja. Tenho amigas que sempre insistiram pra eu fazer a influencer . Mas pra quem já deu bom dia pra colega de trabalho e o bicho mostrou o pinto pq vc “deu mole” ou outras merdas. Simplesmente não quero colocar minha vida em risco. Na verdade eu não sei como não rola medo de assédio e talz. Pra mim era horrível na engenharia, as vezes a gente tava na biblioteca e via caras a masturbar-se olhando pra vc. Gente que se achava no direito de te tocar pq vc era a única mulher.... Enfim, me apavora. Adoraria ter a vida dela sem precisar pagar o preço. Por favor me ajudem a ser uma pessoa melhor, pq eu não to conseguindo.
submitted by PatoPatolina to desabafos [link] [comments]


2020.08.28 12:44 Lady_Unicron Sou babaca por ficar com o Crush da minha amiga?

Olá Luba, turma, editores, gatas, papelões mortos e possível convidado(a), pode me chamar de Iron, pois é assim que vão me conhecer.
A minha história é praticamente quando conheci o amor da minha vida que namoro até hoje (não fica mal lubinha, se eu achei alguém, tu também acha).
Tudo começou como um dia normal no nosso “chat/grupo” de conversa, conheci muita gente legal quando entrei pois uma garota havia me visto no app e resolveu ser bondosa e me colocar no grupo, fui recebida muito bem (a maioria era menino, mas não faz diferença), tinha mais 4 garotas além de mim e me tornei bem amiga delas e dos meninos, por eu ser a “novata” eu estava recebendo bastante atenção e uma das meninas não gostou muito, ela sempre queria chamar mais atenção, eu estava de boas quanto a isso.
Eu tinha medo do meu namorado na época por que todo mundo me falava meio mal dele “Ele é muito sério, não é legal” e blá blá blá, um dia fui abraçar ele em uma ação de RPG e ele saiu voando pelo “susto” . . .mas logo voltou (sim. . .a gente conversava e fazia RPG), depois de um tempo ficamos “a sós” e nós ficamos juntos. . .ele me fez voar e no final eu beijei ele. . .a menina apareceu e ficou tentando desviar a atenção, daí já vem a galera me perguntar “você tá gostando de fulano?” e eu fica meio hesitante de falar, mas dizia que sim e sempre falavam “outra que gosta dele” . . .nessa hora eu fiquei meio abalada, mas lembrei que ele não estava namorando, então fui pedir a ajuda dessa menina que vou chamar de Karls. Fui até karls e contei pra ela que eu estava gostando do (vou chamar meu namorado de Lew) Lew, ela começou a me dar um sermão e falando que gostava dele também daí eu comecei a me sentir mal e tentei deixar os meus sentimentos de lado (os: Karls já estava namorando outro cara e tava afim do Lew).
Lew percebeu aquilo e nunca me deixava me afastar e Karls vinha me dar sermão e falar que ia se matar. . .isso me deixava ruim, mas um dia Karls e o Lew estavam brigando e ela fala para ele “Eu te odeio” e ele respondeu dizendo “Mas a Iron(eu) me ama, não é Iron?” eu fiquei tão em dúvida no que dizer e soltei um “talvez” e para tentar aliviar a tenção resolvi brincar também “ah. . .e você me ama, não é?” e ele apenas disse “sim, amo sim” . . .nessa hora ficou eu e um amigo(Sd) meu surtando de alegria, por que ele estava afim da Karls e eu estava tentando ajudar ele a ficar com ela.
Então um dia a gente entrou em Call, primeiro foi só o SD e Lazer (dois amigos meus), depois o Lew apareceu e ficaram me chamando para entrar. . . então entrei na call. . .todo mundo ficou me chamando de fofa por conta da voz. . .até o Lew e eu ficava envergonhada obviamente.
Quando o Lew foi “embora” para terminar a tarefa dele. . .eu estava nas nuvens, ela era totalmente diferente comigo. . .daí o Lazer veio me perguntar na call “Você sabe que o Lew namora né?” nessa hora. . .meu mundo desabou de baixo dos meus pés, se eu não estivesse sentada. . .eu caia com certeza, nesse dia eu xinguei tanto o Lew no privado. . .e chorei que deu até dor de cabeça, ele começou a me contar a verdade, que ele não estava namorando, ele só era amigo da menina que falaram que ele estava namorando, me senti mal por xingar ele e fui xingar o Laser, daí ele me veio falar “eu PENSEI que eles namorassem, já que ficam de abraços e emoji” . . .queria tanto socar ele, mas fazer o que. Um tempo depois a gente começou a namorar e Karls sempre vindo tentar nos separar ou tentar chamar atenção do Lew, mas só ganhava a minha por que eu não gostava de ver ela daquele jeito (ela tinha terminado com o “ex” dela e começado a namorar o SD) e então um dia ela surtou, começou a falar um monte de coisa como “eu te amo, aquele dia que ficamos a sós foi tão bom, por que ela e não eu?” e etc. . .eu queria chorar por que tinha machucado ela, mas o Lew tomou a frente e começou a falar para ela “eu escolhi a Iron(eu) por que ela. . .” e começou a comparar nós duas . . .me senti mal, mas fiquei feliz de ver que ele me achava tudo aquilo, ela saiu do nosso chat/grupo e criou um dela sem nós dois. . .até hoje nosso chat é ativo e ela sumiu por muito tempo do app, mas sempre falava com o SD e o Laser, um dia ela falou que ela tinha traído o SD com a namorada do Laser. . .isso deixou eles abalados. . .todo o sentimento de querer perdoa-la se foi, por que ela machucou os meus amigos.
Sou babaca por namorar o Lew e não querer perdoar ela?
submitted by Lady_Unicron to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.26 13:37 julx22 Minha amiga quer ser mais que uma amiga...

Gente, bom dia...
Lá vai um texto gigante. Quem não quiser ler, pode ir para o final e pegar o resumão.
Embora muitos vão dizer que isso aqui é reclamar de barriga cheia, isso está me angustiando bastante... Eu tenho uma amiga. Uma BOA amiga com quem eu tenho bastante intimidade. Assistimos filmes grudados, nos abraçamos, trocamos carinho, palavras de conforto, deitamos na mesma cama, etc. E embora eu gostasse de tudo isso por si só, já que não sinto atração sexual nem por ela, nem por ninguém, deixei levar como uma amizade. E assim continuou até pouco tempo atrás.
Tenho percebido diversos sinais de que ela gosta de mim de outro jeito. Rolaram uns flertes aqui e ali, umas caras coradas, uns corações no texto e uns tweets descarados por parte dela que me deixaram todo sem jeito, pois pareciam muito direcionados a mim e sempre ocorriam depois de nossos encontros. Sempre algo do tipo: como certa pessoa me faz feliz e uns posts reclamando da friendzone. Muitos rapazes vão achar graça que sou um homem dando friendzone numa mulher, mas devo advertí-los que isso é algo bastante chato de se fazer e que me causa bastante angústia.
Meus amigos me recomendaram que eu me declarasse para ela, pedindo ela finalmente em namoro. Sim, o que eles dizem faz sentido: eu gosto dela, conheço ela, sei que ela gosta de mim e tenho quase certeza do 'sim'. Mas a questão é: se me sinto completamente satisfeito nessa amizade do jeito que ela está, por que é que eu arriscaria um namoro? Em time vencedor não se mexe! A resposta deles foi a seguinte: "Se ela não te tornar seu namorado, tornará outro cara. E nisso sua linda amizade vai desmoronar rapidamente.". Novamente concordo com a afirmação deles. Mas será que eu me declarar apenas por medo é uma resposta adequada? Não por amor, mas por medo de perder a pessoa!
Eles me dizem que um namoro seria mais interessante que uma amizade, mas eu discordo. Como amigos, somos próximos por escolha. Todos os dias que decidimos ficar juntos, é uma escolha consciente, não motivada por qualquer ator externo, fato social que nos indica que, já que somos namorados, TEMOS que ficar juntos aos fins de semana e TEMOS que nos mandar bom-dia e boa-noite, e TEMOS que sair pra comer alguma coisa de vez em quando, e TEMOS que fazer isso, aquilo e aquilo outro.
Nossa relação iria mudar muito, e para pior. Quando saíamos para comer, ninguém esperava que eu fosse lá buscar ela, que pagasse pela comida de ambos e que a levasse de volta à sua casa. Éramos apenas amigos! Por que é que eu assumiria essa responsabilidade? E por que eu? Estamos em pleno 2020, por que é que sou eu quem tenho que pagar a conta e dirigir? Embora alguns (algumas) de vocês digam que nem toda mulher faz questão disso, é claro que serei comparado com os ex-namorados dela. Sim, a grande maioria foi tóxica e ciumenta, mas eram cavalheiros e faziam tudo o que eu disse acima, de acordo com as expectativas da sociedade. Se eu falhar nisso, serei necessariamente julgado pela família dela, e no pior dos casos, por ela mesma. "Será que não valho o preço do lanche que como? Que minha companhia não vale o preço da corrida de uber?". Meu amor, é claro que vale! Mas e a minha? Se eu o fizesse tudo, me pareceria que só eu aprecio esta relação e nossos encontros, o que seria péssimo para a manutenção deste nosso relacionamento...
Estou bastante angustiado com essa situação. Estou entre a cruz e a espada. Vou resumir em situações:
1- Não me declaro. Continuamos como bons amigos por anos e anos, com esta relação não sendo afetada por namoros.
2- Não me declaro. Em pouco tempo ela arruma um namorado e me joga para escanteio, o que me chatearia bastante.
3- Me declaro. Aparentemente eu me enganei nos sinais que recebi, e ela não deseja nada mais que uma amizade platônica. Isso não afeta nossa amizade.
4- Me declaro. Aparentemente eu me enganei nos sinais que recebi, e ela não deseja nada mais que uma amizade platônica. Isso abala nossa amizade. Torna as coisas estranhas.
5- Me declaro. Começamos a namorar. As expectativas sociais perante ambos de nós e o pacto de exclusividade acaba nos tornando ciumentos e ranzinzas, o que destruirá nossa relação bastante rapidamente.
  1. Me declaro. Começamos a namorar. Sendo ela uma moça fora da caixa, ela de jeito nenhum espera de mim os papeis de gênero impostos ao homem e nosso namoro segue um curso tranquilo.
  2. Independente de como nosso namoro flui, descubro que me declarei erroneamente, pois não sentia nada além de medo de perdê-la, sem amor algum.
Resumão:
Tem uma menina que gosta de mim, mas eu não sei se estou disposto a começar a namorar com ela, pois acho que isto poderia estragar a amizade linda que a gente já tem. De certo modo podemos dizer que quero apenas continuar nesta amizade meio flertante e super íntima indefinidamente, embora saiba que isso é improvável de durar muito. Não estava a fim de ter um relacionamento padrão com ela, mas tenho medo de perdê-la para algum concorrente. E agora?
submitted by julx22 to desabafos [link] [comments]


2020.08.19 05:32 dandanyami A ex do meu namorado que virou minha stalker

Ola Luba, papelões zumbis, possível convidado e turma que esta a ver.
Vocês adoraram a história de quando a minha mãe tentou ensinar o médico a fazer a cirurgia então eu vim com mais uma, como o luba ta de ferias e acho que não tem como ir pra video vou dar mais detalhes.
Algumas informações importantes para a história, eu namoro a 10 anos em um relacionamento aberto, quando começamos a namorar ja decidimos que ia ser aberto e da super certo com a gente, e foi com nosso estilo de relacionamento que começou essa confusão que me persegue até hoje, essa historia acontece ao mesmo tempo que eu acompanho minna mãe nos exames e cuido da relação cirurgica dela da historia anterior.
O ano era 2017, eu e meu namorado iamos a eventos geeks todos os anos e por conta de estagio e faculdade eu não iria conseguir ir, mas meu namorado foi, depois desse evento em que ele acobou fazendo varias amizades ele se aproximou muito de uma menina que vou chamar carls, carls aparentemente tinha muitos gostos em comum comigo e por isso ele queria apresentar ela pra mim, e eu tinha pouquissimos dias livres, eu trabalhava num projeto da faculdade e quase sempre taca fazendo pesquisa e discutindo com minha orientadora, quando não estava no estagio ou no hospital com a minha mãe. Então eu conversei e mostrei pra ele os dias que eu poderia sair pra conhecer a Carls.
Ele tentou marcar varias vezes de sair com ela e comigo mas ela nunca podia, mas quando não era meu dia livre ela podia qualquer hora, e bem, eu sou distraida mas não sou burra entao eu me liguei que ela poderia estar a fim dele e estivesse bolada com a minha existencia, então como uma pessoa civilizada eu falei com meu namorado deixando claro sobre o que eu achava e que se ela e ele quisessem algo era ok, mas ela ia ter que entender que eu e ele estavamos juntos e ela não poderia me evitar pra sempre.
Quando ele tentou conversar com a Carls sobre isso ela negou tudo, e eu e ele somos o tipo de pessoa que se alguém diz "não" é não e seguimos a vida, a pesar que eu ainda achava que alguma coisa esquisita tinha, a prova veio em um dia que ele ia sair com ela e minha orientadora me ligou cancelando a reunião, eu falei com o meu namorado e ele disse "vem comigo então porque ela não tem nada hoje, vai dar pra vocês se conhecerem" quando estávamos prestes a sair pra encontrar com ela, ele mandou uma mensagem perguntando se ela ia, ela disse que sim e então ele avisou que eu ia junto, na hora ela arrumou uma desculpa dizendo que nao poderia ir, e eu só olhei pra ele e disse "ela não gosta de mim, ela com certeza esta apaixonada"
No dia seguinte eu sai do hospital depois de acompanhar minha mãe nos exames e fui fazer compras, eu sabia que eles iam sair só que eu não sabia onde e coencidentemente fui no shopping que eles estavam, vi eles de longe conversando, ela me viu, fez a maior cara de cu que ja vi e puxou meu namorado pra longe antes que ele me visse.
Eu sou uma pessoa tranquila e não tenho ciumes mas eu realmente odeio que me tratem de maneira grosseira quando nao fiz nada, entao eu falei pra ele que eu nao gostava dela, que nossa relação era aberta mas tinha respeito então esperava que ele me respeitasse e nao tentasse mais me envolver com ela, e ele me respeitou nisso, nao falou mais sobre ela pra mim e estavamos de boa, ate eu perceber que ele tava ficando muito mal.
Eu perguntei o que tava acontecendo e ele resolveu falar, essa menina tinha se declarado pra ele, eles saiam juntos e estavam meio que serios, eu não tinha problema pra isso, eu também saia com algumas pessoas de vez em quando, o problema é que a menina começou a falar que tinha depressão e ia se matar e era tudo culpa do meu namorado, ele me mostrou algumas partes de conversa com ela e me perguntou o que ele fazia pra ajudar.
Eu sensata e sabendo que aquilo era abusivo e uma maneira dela controlar ele, eu disse claramente que eu nao queria ele daquele jeito, que ela tava fazendo mau pra ele e que era pra ele se afastar dela pois ela estava sendo abusiva, quando ele falou com ela que eu não aprovava mais eles juntos, ai ela tentou ir atras de mim, me chamar sair pra me conhecer e falando que amava ele, eu falei pra ambos que aquilo não era problema meu, que eles fariam o que queriam mas se eu visse o meu namorado daquele jeito de novo ia foder com ela.
Eles tentaram por alguns meses mas a menina ainda era super abusiva e vivia ameaçando se matar e falando que era tudo culpa dele, e ele realmente tava preocupado, ela se fazia de vitima pros amigos dele dizendo que eu era ciumenta e tava perseguindo ela, e eles acreditaram nela e ficaram morrendo de dó, até que um dia em um surto de raiva ela me chamou de puta e falou que se eu morresse ninguém ia sentir minha falta pro meu namorado e foi ai que ele percebeu que tipo de pessoa ela era e ele terminou na hora.
Ai voces podem pensar, a historia acabou não? Bem o circo começou a pegar fogo com o termino deles pois uma vez que ela tava falando que ia se matar (motivo daquela vez: ele demorou 5min pra responder o whats) a bateria do celular dele acabou enquanto ele tentava acalmar ela e ele usou o meu pra ligar pra ela e se certificar de que ela não ia fazer besteira.
Carls tinha meu numero, ela pegou algumas fotos do meu insta, criou um tinder falso com fotos minhas se passando por mim e passava meu whats falando que eu tinha fetiche em ser xingada, ela fez isso por dias ate que o meu namorado comentou casualmente que eu tinha ido na policia, depois daquele dia os caras do tinder pararam, mas ai comecou perfis fakes desses numeros gerados em site me mandando fotos de pau tirados do google e me xingando.
Ela de tempos em tempos cria uma conta nesses sites pra mandar fotos de pau e me xingar, vou deixar o print da ultiza vez que foi bem recente, vai fazer tres anos mas essa menina me stalkeia ate hoje, cria perfil fake pra ver o que faço nas redes sociais e esses perfis de whats pra mandar mensagem, minha namorada de São paulo e meu namorado acreditam que ela tem ódio demais pra não ser alguma paixão secreta por mim. O que vocês acham?
http://imgur.com/a/DjX32JE foto da última
submitted by dandanyami to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.08 20:45 Rapoziinha fui babaca ???

gente minha amiga Namora um cara que quase ngm gosta, mas ela não enxerga a realidade do sujeito...bem vamos ao que importa de uns meses pra ca (ele que é muito amigo do meu namorado) começou mandar umas menssagem sobre mulheres e umas fugidas que ele estava realizando, sem que a namorada dele soubesse. Em um FDS minha amiga chegou em mim e disse que estava desconfiada que seu namorado estava traindo com alguma amiga do trabalho, ELa não chegou a me pergunta se eu sabia de alguma, entao acabou que eu nao disse nada, depois de alguns minutos que ela falou comigo eu chamei o boy dela pelo zap do meu namorado e disse um bolão pra ele, falei que tinha visto as mensagem q ele mandou pro meu namorado sobre suas "fugidas" e que tirei print e enviei para o meu celular, e que se ele nao queria ficar com a minha amiga pra terminar caso contrario eu iria contar tudo pra ela e mostra os print q eu tirei (NAO SOU BOBA NEM NADA)... Ele nao terminou e continuo traindo... eu nao aguentava mais entao contei pra minha amiga tudo e ainda por cima mostrei os print... ELA FICOU IRADA comigo me xingou disse q eu editei os print e que nao acreditava em mim... eu fiquei sem entender afinal ela ja estava desconfiada eu so dei a certeza e as provas.... em fim HOJE ELES ESTAO JUNTO AINDA e eu queria a opniao de vcs se eu fui uma BABACA por não falar no inicio e depois tentar ajudar ou ela foi a BABACA por nao acreditar em mim.
submitted by Rapoziinha to u/Rapoziinha [link] [comments]


2020.08.07 17:25 sweet_gih O garoto machista

Estou brava mano,vou ser direta,minha sobrinha tem 13 anos e está na fase de se apaixonar e etc. Só q ela esta gostando de um menino muito esquisito! Ela é muito próxima de mim,ela me contou q estava gostando dele e tals,eu entrei no Instagram desse menino e vi coisas muito bizarras q me deu vontade de morrer. Como que pode existir um ser humano assim? Nas legendas ele escrevia coisas muito machistas do tipo "mulheres são que nem espermatozóide,quando se juntam enchem o saco". Quando foi hoje,minha sobrinha me ligou chorando dizendo q esse menino falou coisas absurdas pra ela! Não sei se tem como mandar foto por aqui,ela me mandou os prints e tudo mais! Ele falava q não ficava de jeito nenhum com mulher q tem estria,celulite e etc. Ele falou q não achava ela atraente o suficiente,disse q ela não leva jeito pra namorar e não sei mais oq. A minha vontade é de dar um murro nele! Eu preciso conversar com a mãe dele cara,de onde ele tirou essas coisas? Isso não é normal não cara,que mulher vai querer um homem assim? Ele se acha superior de todas as melhores,eu vi q ele compartilhou um post q dizia "Se Deus criou o homem primeiro e depois a mulher,as mulheres são os nossos genéricos" deu vontade de responder ele dizendo "Deus fez o rascunho primeiro e depois a obra prima" mas não falei nada não,só quis compartilhar pq eu achei ridículo demais! Esse cara não gosta de ser humano. Eu tenho estrias,tenho espinha,e meu namorado me ama do mesmo jeito,isso é normal! Mas fazer oq,tem gente q parece q no lugar do cérebro,tem bosta
submitted by sweet_gih to desabafos [link] [comments]


2020.08.06 18:04 Yumi-Mochizuki Sou a babaca por não ter tirado minha amiga de um relacionamento tóxico?

Olá Luba, Editores, possível convidado e para todos os animais plantas e átomos que estão lendo ou assistindo, não sei porque não sou vidente.
Bom, essa história é recente, então não tem um final mesmo, apenas...não sei, a parte 1? Porque pelas circunstâncias, parece que ainda vai continuar, mas espero que não continue e quero que aconteça isso com ninguém, então antes de começar quero falar que saiba que nunca, NUNCA incentive aqueles tipos de namoros entre pessoas mais novas com pessoas muito mais velhas, não quero que ninguém, NINGUÉM cometa o mesmo erro que eu, mas cometi ele sem saber dessa parte, então, antes também de namorar, saiba pelo menos a idade do seu parceiro.
Então, faz alguns meses atrás que isso aconteceu, eu jogava um aplicativo que vou chama-lo de CarlsApp (só pela história começar por ele já posso ver que eu sou a babaca por ter ido pra lá) estava eu andando por umas salas de conversa até entrar numa sala onde conheci 5 pessoas, mas iremos focar em 2, vamos chama-los de Rainara, a garota, e Carls, o garoto, conheci Rainara e Carls, pensa numas pessoas legais, engraçadas e fofas, foi assim que pensava dos 2, estávamos conversando de boa nós 6, ficamos super amigos, principalmente Carls, Rainara e eu, ninguém ali se conhecia pessoalmente, todo mundo morava em parte diferente do Brasil, e Carls morava no Japão, então basicamente éramos amigos da internet, tudo de boa, saudável até aí, passou alguns meses e descobrimos que Carls e Rainara se gostavam, muito fofo pra todos nós, um cara legal com uma garota legal, muito fofo, passou umas semanas, e vimos que Carls pediu a Rainara em namoro, mas ninguém sabia se ela tinha aceitado, porque ela estava na dúvida, uma galera incentivava, pra mim estava no "algo de errado não está certo" mas como não via nada de mal então pra mim tanto faz, passou um tempo e comecei a ver que Carls estava dando em cima de mim, fiquei surpresa e ao mesmo tempo fiquei muito sla, não sei dizer, não gostava dele, não sabia muita coisa e muito menos não sabia se a Rainara tinha aceitado, e se sim? Eu não queria ser uma amiga má e corresponder o mesmo que o Carls fazia, perguntei pra ele como forma de mudar assunto (pois tava ficando muito doido o assunto e tava muito na cara que ele estava dando em cima de mim e tava só piorando) se a Rainara tinha aceitado, ele falou que ela não tinha aceitado, tinha ficado triste mas pelo menos tinha eu falando com ele, não estava convencida e ao mesmo tempo fiquei "cara, ele gosta de mim?" Como não sabia de nada , fui perguntar pra Rainara e ela falou que sim, ela tinha aceitado namorar ele, então eu falei logo o porquê tinha perguntado, e ela riu no início e depois pareceu chateada, mas no final da conversa ela simplesmente falou " normal, é o jeito dele", mano, e vamos de corna mansa, porque ele até falou depois que ele tinha até recebido nuds de umas outras garotas e começou a dá mais em cima de umas meninas, inclusive de mim, fiquei enojada porque ele fazia aquilo mas quando ele via ela falando com uns caras ele não gostava, ele ficava super no "você não me ama" e tals, passado umas 1 ou 2 semanas, tudo "normal" tinha ido assistir TV com meus irmãos, até que vi que minha mãe pegou meu celular enquanto tava lá assistindo, ela viu meus desenhos no cell, os vídeos que eu estava vendo, minhas mídias, super de boa até que ela viu minhas conversas, ela ficou chocada especificamente com a conversa minha e do Carls, ela começou a me dá sermão de que esse cara tava dando em cima de mim, era um cara nojento, concordei com minha mãe, pensávamos do mesmo jeito em relação a ele, então ela falou pra eu bloquear ele, e como uma boa filha, obedeci, não sei se foi uma escolha correta, mas isso foi o suficiente pra ver que Carls era muito pior que um namorado que corna minha amiga. Alguns dias depois, vi que o Carls e a Rainara, tinham me bloqueado, o Carls eu já sabia o porquê, mas a Rainara não, fiquei desesperada, pois ela era muito legal e gostava de falar com ela, então é aí que surge mais 2 pessoas, meus dois melhores amigos, vou chama-los de Zarls e Karls, Zarls falou que era melhor deixar ela com o relacionamento dela com o moço, porque se ela fosse minha amiga de verdade ela não teria me bloqueado, mas falei que tentaria mais uma vez e foi o que eu fiz, infelizmente minha última carta foi voltar pro CarlsApp, até ali não tinha mais voltado pois estava sofrendo ataques de pessoas que nunca vi na minha vida (uns seguidores do Carls) e aquele lugar me trás lembranças ruins, mas voltei pra tentar falar com a Rainara, ela não me bloqueou lá e falei com ela e a mesma disse que o Carls tinha ameaçado ela dizendo que se ela não me bloqueasse, ele não iria mais falar com ela, porque se ela amasse ele ela faria isso e tal (ou seja, outra chantagem) então eu resolvi falar pra ela que isso que estava acontecendo não é normal, que isso estava ficando super ruim principalmente pro lado dela, depois lembrei de um fato que fazia com que isso ficasse pior ainda, ela tinha 14 enquanto ele tinha 18, tipo, ele era maior de idade e ela estava num meio desse tipo de relacionamento com 14 ( outro fato que acredito eu que seje a parte que mais me fez ficar longe dele, foi que ele disse uma frase que me faz querer apertar o pescoço da pessoa que fala isso: " idade é só um número", " cara, tô nem aí, meu primo tem 35 e namora uma menina de 13, de boa, idade não impede o amor") Tentei convence-la ao máximo mas ela disse que amava ele, ele a amava, "quem sabe que eles se encontrem, aí viram um casal de verdade" (sim, ela realmente disse isso) e um monte de coisas desse tipo, pedi ajuda pros meus 2 amigos, o Zarls falou mais uma vez pra deixar ela, que quando ela perceber ela vai ver que fui uma boa amiga e que eu tentei ajudar mas ela não quis ouvir, já Karls falou pra ela tomar no c* e que era pra ela ser mais feminista e menos burra (concordei demais com ele), ouvi o Zarls e não falei mais com ela, desde então não tenho mais notícias relacionadas a o casal, o Carls tentou falar comigo no app mas decidi que nunca mais entraria lá. Todo mundo que eu falo e participou da história está bem, o Zarls está feliz por ter me ouvido e meu deu todo o apoio pra me ajudar a superar essa história, Karls ficou triste por eu não ter mandado ela tomar no c*, mas ele foi um grande amigo como sempre e também me deu muito apoio, minha mãe está feliz por eu ter parado de falar com o casal, ela ainda faz o mesmo sermão e fala pra eu aprender com isso e pra mim ela foi uma mãe muito incrível como sempre, pois sem ela eu nunca teria visto o quão tóxico ele era e o quão falsa e burra era a Rainara, mas a história não acaba assim, se não, não teria colocado no,título " eu fui a babaca?" Enquanto eu assistia a turma-feira, vi que a Rainara me desbloqueou e está tentando voltar a falar comigo, sinto que não desejo falar com ela, pois depois disso tudo, tenho a mínima vontade de querervoltar a reviver a história, meus amigos já falam que é melhor não, que isso só vai piorar, mas sinto que ainda não fiz nada pra ajudar e que ela pode está precisando da minha ajuda, mas mesmo depois desse pensamento, bloqueei ela, pois não quero mais falar com ela, não quero mas voltar a falar com os dois, nunca mais quero ver esses dois, mas as vezes me pego pensando que isso tudo aconteceu por minha causa. Será que na verdade eu fui a babaca dessa história? Tudo isso aconteceu por causa de mim ou não? Gostaria muito que vocês me falassem, então foi isso minha gente, muito obrigada por ler.
Caso queira ler isso também: Sei que isso tem nada haver com o " eu fui o babaca?" Mas gostaria de dá uma moral, nunca namore virtualmente? Sempre conheça a pessoa antes de namorar essa? Cuidado com quem você fala? Obedeça seu pai e sua mãe? Não! Bem... Sim, mas essa não é a moral, a moral é: nunca entre nesses aplicativos de falar com pessoas virtualmente usando personagens como aquele, sempre dá errado, se você namorar alguém por lá, você está destinado a ser corno.
submitted by Yumi-Mochizuki to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.03 17:25 DizzyConversation348 EU CONVIVO COM UM SOCIOPATA

Bom Luba eu espero que veja isso porque preciso muito de um conselho\ajuda\ou alguém q fale sobre a situação... Eu até pensei em fazer um "exposed" no Twitter mas quero q isso fique anônimo pq se não vai ser muita confusão, enfim vamos lá:
‌ Bom faz quase dois anos que eu mudei de cidade por causa que minha mãe que veio morar na casa do meu "padrasto" que é namorado\marido dela que atualmente não sei dizer se ainda tem alguma relação ou se já é ex. Esse namorado é muito controlador, machista (ele falou na minha cara que uma família tem a mãe os filhos e o pai que é o dono de tudo e quem deveria sempre ter o controle), gosta de humilhar pessoas, não tem nenhuma empatia, muda a personalidade direto, não fala com a minha mãe (ele simplesmente ignora ela, até quando ela fala coisas importantes tipo sobre o trabalho) e muitas outras coisas. Todo dia tem briga aqui em casa e bom eu tenho uma irmã e o meu "padrasto" tem um filho e ele da total preferência pra ele oque a minha mãe n faz, pq minha mãe diz que todos tem que ser igual, ele da a culpa em tudo pra cima de mim e da minha irmã mas principalmente eu pois sou a mais velha e eu já n aguento. Esses dias peguei eles numa briga e até então eu não ia fazer nada mas vi ele empurrando minha mãe e quase agredindo ela pois ele queria o celular dela pois na cabeça dele, ela estava fazendo coisas erradas (tipo traição, gastando dinheiro...) e por isso ele queria o celular dela pra ver oq ela estava fazendo, bom eu até deixaria ele olhar o celular da minha mãe pois sei que minha mãe nunca faria nada e que ela é uma boa pessoa, mas como eu acho esse negócio de olhar o celular sem o outro deixar uma falta de respeito comecei a gritar e falar (da o celular pra elaaa!) com isso ele soltou. Eu poderia processar ele por abuso mental(acho q é esse o nome) pois ele força minha irmãzinha que tem apenas 7 anos a comer coisa que ela não gosta a ponto de deixar ela na mesa até ela fazer xixi(sim isso aconteceu) poderia processar ele por ter falado se eu queria sair na porrada com ele (eu gravo algumas das brigas e eu gravei ele falando isso mas acabei trocando de celular e perdendo esse áudio) e muitas outras situações. Eu comecei a pesquisar um pouco pois na minha cabeça ele tem transtorno de personalidade aí pesquisei os traços dele: controlador, falta de empatia, hipócrita, falta de responsabilidade (eu que cuido do filho dele, e eu não me importo com isso mas é pq ele simplesmente ele fala que eu não faço nada e nem valoriza, poderia falar pelo menos obrigada) quer sempre estar acima dos outros, faz tudo por bens materiais tipo dinheiro (em uma briga ele falou que dinheiro é felicidade e que só queria dinheiro e disse que era pra eu continuar lendo os meu livrozinhos e ter um futuro perfeito essa última ele falou com uma voz de nojo). Enfim pesquisei essas coisas e descobri que ele tem traços de ser um sociopata, eu não sei se ele é mas a descrição de um sociopata é igual a descrição que alguém que conhece meu "padrasto" faria pra ele. Uma coisa que pode comprovar isso é que minha mãe havia saído pra ir na tia (vou chamar ela assim) pra conversar com os amigos, ela tinha o costume de fazer isso aos fim de semana e ele ia junto mas até que ele proibiu minha mãe, (só que ela ia as vezes mesmo assim) ela foi lá pra conversar até que viu uma pessoa subindo de bike no terreno da casa, e adivinha quem era, o meu "padrasto" ele subiu olhou pra minha mãe e foi embora, SIM ELE FOI LA SÓ PRA VER ONDE ELA TAVA, tirando que quando minha descobriu que ele quase traiu ela, ele falou que teria continuado. Enfim minha mãe ainda gosta dele (caralho que merda como ela ainda consegue gostar dele?) gostaria de pedir algum conselho pra mostrar pra minha mãe que ele é uma pessoa mal... Gente por favor dêem conselhos a gente precisa sair dessa casa porque isso só tá acabando com a minha mãe.
submitted by DizzyConversation348 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.01 09:38 so-rare Sou babaca por me recusar a ter contato com a namorada do meu pai?

Olá Luba, editores, turma, gatas e possível convidado! Minha história é a seguinte: eu tenho 20 anos, e moro com meu irmão de 13 anos e minha mãe no Rio, e meu pai mora em São Paulo por causa de trabalho desde 2014, ano em que eles se separaram. Enfim, meu pai já está em outro relacionamento desde 2018, com a — vamos chamá-la de — Carls. No início, obviamente eu não fiz muita questão de conhecê-la mas nunca tive problemas com ela, porém a Carls é extremamente ciumenta e possessiva com meu pai e fez ele bloquear a minha mãe no whatsapp e desfazer amizade no facebook com ela e com todos os amigos em comum que tivesse com a minha mãe, amigos dele! A Carls também já criou vários fakes pra tentar ser amiga da minha mãe pelo face pra ver as publicações dela, mas ela nunca aceita porque sabe exatamente quem é, também vive mandando mensagens pra minha mãe dizendo coisas horríveis. Ela já jogou o celular do meu pai pela janela do carro em movimento por ciúmes e o proibiu de entrar na minha casa porque minha mãe estaria aqui. Enfim, ano passado eu me vi sem saída e fui no hotel que meu pai, a Carls e a filha dela, estavam hospedados em um feriado aqui no Rio. Chegando lá meu irmão estava passando mal e acabamos ficando pelo quarto deles no hotel, e meu pai saiu pra comprar remédio pra ele e ficamos eu e meu irmão com a Carls e a filha no quarto. Eu estava deitada com meu irmão na cama e ela chegou me abraçando por trás e alisando, dizendo umas coisas bem creepy tipo “nós seremos uma família agora” “agora eu também sou sua mamãe” “seu pai é meu agora” e eu comecei a ter uma crise de ansiedade fudida e liguei pra minha mãe ir nos buscar no hotel e nos levar pra casa. Depois desse episódio a Carls passou a não ir muito com a minha cara, porque eu comentei isso tudo com meu pai e ele só disse “filha, ela é canceriana (USOU SIGNO), é assim amorosa” e eu SURTANDO DE ÓDIO. Carls seguiu sendo a stalker número 1 da minha mãe e sendo extremamente afrontosa por meses até chegarmos ao episódio do Natal. Meu irmão está na fase gamer e ele ama gastar todo o dinheiro dele em compras nos jogos, e na noite de natal ele estava jogando e mandou mensagem pro meu pai perguntando se ele poderia passar uma compra de 3,99$ no cartão dele. APENAS ISSO. E meu irmão foi surpreendido pela CARLS respondendo com um áudio (OBS.: eu tenho esse áudio então posso transcreve-lo exatamente aqui). “~som de festa ao fundo~ Ei relaxa! Isso não vai mudar. Eu to com o seu pai e a gente ta junto, entendeu? Não vai mudar. Então, nesse ano, ano que vem, daqui a 10 anos, não é mais a mamãe, é o papai. Quando você quiser pedir alguma coisa pra ele, você tem que falar comigo TAMBÉM, tá bom? E ele não vai ter dinheiro agora, e a hora que ele tiver dinheiro ele vai te ajudar e acabou a história! A gente ta no Natal, não adianta tentar falar com papai agora, porque a gente ta curtindo aqui, ta? Curte com a mamãe, vocês quiseram ficar com a mamãe, agora curte com ela, ta bom?”. ELA ESTAVA NITIDAMENTE ALCOOLIZADA. Meu irmão começou a chorar muito quando ouviu e chamou eu e minha mãe pra nos mostrar a conversa. Eu fiquei com um ÓDIO. LUBA, AQUELA NOJENTA FEZ MEU IRMÃO CHORAR NA NOITE DE NATAL E ANIVERSÁRIO DELE (SIM, ele nasceu na manhã de natal). No dia seguinte eu liguei pro meu pai conscaralho, e ele defendeu ela dizendo que ela toma muitos remédios tarja preta e bebe, aí fica desse jeito, falando nada com nada, SURTA, e pra eu relevar e esquecer o assunto. E foi aí que tivemos o episódio do Ano Novo. Passei o réveillon com minha mãe, irmão, meu namorado e parte da família da minha mãe e na hora da virada meu pai nos ligou, falamos com ele, só felicidade, quando ele ia passar pra Carls fingimos que a ligação estava ruim e desligamos. Tudo ok até ai. Depois de meia-noite, meu namorado e eu fomos pra casa de um amigo pra passarmos a madrugada com nossos amigos. Pegamos um uber e no caminho ~adivinha~ ligação do meu pai. Atendi e escutei a voz de Carls no telefone dizendo que estava se divertindo muito no Réveillon com meu pai em São Paulo, debochando de mim e jogando na minha cara que eu não pude estar com ele, dizendo que se eu escolhi estar com a minha mãe para que eu parasse de procurá-lo. Eu logo perdi a paciência e soltei a lingua nela, disse que meu réveillon estava ótimo e que eu ia desligar logo pra não dar tempo de ela estragar isso também. No dia seguinte, mais brigas com meu pai e ele sempre falando sobre ela misturar os remédios com álcool e que ela não é uma má pessoa, que ele a ama e que ele fica muito ferido de nós não aceitarmos nos aproximar dela e eu sempre acabo me sentindo PÉSSIMA por não aceitar esse contato, pois sinto que isso o fere muito, mas ele com certeza não imagina o quão difícil é pra mim e meu irmão passarmos por tantas humilhações. DITO TUDO ISSO, esta semana ele, Carls e a filha dela vieram ao Rio, e meu pai voltou a insistir que nós nos aproximássemos dela e saíssemos juntos. Inclusive como minha mãe é bloqueada pelo celular do meu pai, a Carls pegou o número da minha mãe e ela mesma mandou mensagem dizendo pra ela deixar eu e meu irmão sairmos com eles. Sendo que minha mãe sempre foi muito neutra na história, ela não gosta da Carls porque ela é extremamente desrespeitosa e desagradável com ela, mas se eu e meu irmão quiséssemos sair com eles, nós quem decidíamos. Meu pai nos procurou sozinho ontem, já que seus insistentes convites pra almoçar com eles falharam. Brigamos feio, gritamos um com outro, as pessoas em volta olhando, os três choraram e ele aos prantos dizendo que queria que nós fôssemos mais compreensíveis e pudéssemos começar do zero, que ela mudou os remédios e está melhor, ele a ama e ainda tem esperança que nós vamos dar o braço a torcer. Refleti muito sobre tudo e disse a ele que se ela pedisse desculpas pela forma que nos tratou e deixasse nossa mãe em paz, nós poderíamos tentar recomeçar. Meu pai voltou pro hotel e nós ficarmos esperando uma resposta. Enquanto isso minha mãe recebeu uma mensagem da Carls dizendo que era muito feio o que ela estava fazendo PROIBINDO eu e meu irmão de vê-los e dizendo pra ela desistir, porque meu pai nunca mais voltaria pra ela (??????). Minha mãe namora e COM CERTEZA NÃO QUER MEU PAI DE VOLTA. E ela jamais nos proibiria de ver meu pai, nós quem não queremos contato com A CARLS apenas e isso acaba o afastando de nós. Hoje meu pai reapareceu chamando para comer pizza com eles, eu insisti se ela pediria desculpas e ele desviou das perguntas. Disse que nós somos mais novos e devíamos relevar mais. Que estamos machucando ele porque ela é a mulher que ele ama. Perguntei por que ela não pode simplesmente pedir desculpas, se ela melhorou pode reconhecer o erro e pedir desculpas, certo? Se ela ama meu pai e sabe o quanto isso significa pra ele, poderia ceder. E ele respondeu apenas “Gente não vai rolar! Estou cansado e com dor de cabeça. Vou tomar banho e dormir! Bjs!” e continuou online por horas, ou seja, apenas fugiu da situação porque provavelmente ela se recusou a pedir desculpas. ENFIM, e aí Luba, sou babaca por não querer contato com minha madrasta mesmo com meu pai implorando?
submitted by so-rare to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.31 01:33 Felicity4Now O mundo dá voltas, meu amigo

Oi queridos, tudo bom com vcs? Essa é minha primeira vez no reddit, mas fiz o login mais pra desabafar essa história que está pesando demais pra mim. Postei essa história em outra pagina, mas vou postar nessa tbm. Quem não gosta de histórias deprimentes e longas, pule esse post.
Tudo começou faz 2 anos, em 2018, qdo eu fui para o oitavo ano e resolvi me mudar de colégio pq eu não me dava bem com os colegas da escola anterior (quer dizer, sempre fui meio excluída em todas as escolas que estudei mas enfim). Para a minha surpresa, o pessoal desse colégio aparentemente tinha me aceitado e fiquei mto feliz, finalmente tinha me sentido incluída na escola, deu até um alívio. Mas bem, a história não eh exatamente sobre isso, é sobre oq eu vivi com um amigo meu, vamos chamá-lo de Clóvis. Nunca tinha tido amigos piá, mas nesse ano foi diferente, me dei melhor com os piá do q com as guria. E para a minha surpresa, Clóvis foi, e sempre será, meu melhor amigo, por mais q ele tenha até me esquecido.
A primeira vez q vi Clóvis, ele já me atraiu, sim gente, comecei a ter um crush nele, mas eu ignorei, achei q era coisa da minha cabeça. Enfim, no início, Clóvis era uma pessoa super legal, extrovertida, gente boa, zuera, e foda kkkk. Mas... dps eu descobri q ele tinha depressao, hj eu entendo q a maior parte das pessoas q riem dms são as mais tristes por dentro... sei pq isso aconteceu cmg tbm, mas vou deixar isso pro fim. Por conta da depressao, tentei ajudar Clóvis de todas as maneiras possiveis, dava conselho, brincava com ele, tentava animar ele, mas ele sempre tentava se matar, sem sucesso graças a Deus. Mas isso fez com q meus sentimentos ficassem confusos, pq eu n queria, tipo, namorar alguem baixo astral, já q eu era tbm. Eu sei exatamente oq vcs estão pensando agora, sou uma ignorante msm, eu concordo, n precisam ficar jogando na minha cara pq eu já sei blz?
Enfim, como eu tava mto confusa, acabei me enganando e achei q estava gostando de um amigo dele (vamos chamá-lo de Roberto). Roberto era um cara foda tbm, gente finíssima, alegre e tals, até q ele me pediu em namoro no mês de Maio, mas eu recusei. Dps, Clóvis me pediu em namoro, e eu recusei tbm, n queria arranjar encrenca entre os 2. Mas, no final do mês de Agosto do msm ano, começou a merda. Eu n me lembro mto bem o motivo, porem briguei feio com Clóvis e comecei a namorar o Roberto. SIM, oq eu n queria aconteceu, treta total meus amigos. Vcs devem estar pensando: “mds q BURRA”, pse, eu tbm penso isso de mim tá? Mas n dá pra eu voltar no tempo.
Assim, o namoro q eu tive com o Roberto foi meio q uma amizade colorida (pra vcs terem uma ideia, se beijamos apenas 2 vezes em 8 meses ksks). Na fase auge do namoro, entre Agosto e Outubro, Clóvis continuava brigado cmg, até pq dava pra ver q ele tava super puto cmg por n ter sido aceito, se sentiu trocado e humilhado (tá gente, eu tava confusa, n taquem pedra em mim pq eu já taquei um monte já, pfv). Mas dai no final de Outubro a gente conseguiu fazer as pazes e continuamos bons amigos, junto cmg namorando o Roberto.
Outro ano se passou e todos continuamos estudando na msm escola, ou seja, continuou essa msm confusao, msm com tudo resolvido. Até que, no final de março de 2019, terminei com Roberto, pq ele tinha sido mto imaturo cmg e eu n permiti mais isso, e percebi q n fazia sentido eu ter namorado ele, até pq eu descobri mta coisa ruim dele tbm, mas n vamos entrar em detalhes (caso queiram saber, eu continuo amiga de Roberto hj em dia, pq odeio guardar mágoas das pessoas, ou eh pq sou mto trouxa, enfim).
E dps disso, Clóvis ataca novamente. Ele começou a me paquerar, quer dizer, ele nunca parou, mas foi mais forte dessa vez, e a gente foi contruindo uma relacao ao longo do ano, uma relacao mto, mas mto forte. Continuávamos bons amigos, mas a gente era REALMENTE melhores amigos mais aquele lance de paquera, até pq descobri q nunca tinha parado de gostar dele. (ss, Roberto aparentemente levou um chifre discreto, mas n vamos entrar em detalhes).
Continuando, eu infelizmente tive q mudar de colegio, por conta dos professores, q por mais q eu tirasse nota 10 nas provas eles me humilhavam junto com todo mundo, e por conta das minhas amigas, q andavam me excluindo do grupo delas. Mas minha amizade com o Clóvis foi longe dms, eu acabei dando mto em cima dele sem nem perceber direito e ele se iludiu cmg. No final do mês de Novembro, ele me pediu em namoro.... e advinha oq eu falei? NÃO Serio gente, eu disse não. Ai ai, nem eu creio, mas vamos continuar. Eu disse não por vários motivos, entre eles: 1- Não podia namorar, principalmente pq meus pais n deixam e meio q peguei trauma da historia com o Roberto (chorava todo dia pq odeio mentir, me fez mto mal); 2- Tinha medo q ele se revelasse pra mim e me magoasse, até pq ele eh super negativo e enfim; 3- medo de aceitacao da familia dele; 4- paranóias; 5- medo de começar o namoro e dps ele me largasse; 6- trauma do Roberto; 7- Ficar com depressao por conta do namoro, até pq eu fico mal vendo ele mal; 8- me arrepender.
Tá, podem parecer motivos absurdamente imaturos, mas se coloque no meu lugar, eu sou imatura gente, dclp.
Logo, Clóvis ficou de mal cmg por uma semana, n soube como aceitar aquilo. Mas dai, ele aplicou o golpe baixo dps, o mar diminuiu e dps veio o tsunami, se eh q vcs me entendem.
Ele resolveu q queria ser meu amigo dnv dps de uma semana brigado cmg. Eu achei estranho, mas aceitei ele de braços abertos, ate pq odeio guardar rancor, como disse anteriormente. Mas... ele nunca mais foi o msm, ele ficou mto estranho cmg a partir dai. Ele começou a me sacanear, a zoar dms cmg, mas achei q era coisa da minha cabeça e entao deixei neh.
Até q, no inicio de Março de 2020, era meu aniversario, e Clóvis sabe q eu amo comemorar nesse dia pq adoro festas. Entao, ele simplesmente me bloqueou. Eu n entendendo nada, fui falar com o irmao dele perguntando se tinha acontecido alguma coisa com o Clóvis, e ele me falou q Clóvis estava bravo cmg por conta do q eu fiz. Como já tinha se passado meses, eu achei q ele tinha já superado tudo isso, mas n.
Bem gente, foi ai q veio o tiro. Dps de horas sem me responder, ele me vem me desejando feliz aniversario, me chamando de corna tbm (ele tinha esse costume de me chamar assim por conta do Roberto). Mas eu n curtia mto isso, na maioria das vezes ignorava. Eu fiquei tao triste com aquilo, pq poxa, eu achei q tinha acontecido alguma coisa seria com ele ou q ele tava com raiva de mim, entao, bloqueei ele e fiquei sem falar com ele ate o final do mês. Mas já n aguentava mais, eu amava aquele cara (por mais q eu tenha feito mta coisa ruim). Perguntei pro irmao dele se estava tudo bem com Clóvis, e ele disse q ss.
Logo, me vem uma amiga dele me mandando direct pelo Insta e me falando q ele queria falar cmg. Pensei bem, e como n gosto de guardar rancor, desbloqueei ele. Se eu pudesse voltar no tempo, n teria feito isso de jeito nenhum gente, pq oq aconteceu dps parte meu coracao ate hj.
Conversei com ele e ele falou tudo oq eu queria ouvir, q sentia mto e q ele havia agido com mta imaturidade, disse q eu tava confusa com meus sentimentos e q ele devia ter me entendido antes. Ai gente, eu tinha ficado tao, mas tao orgulhosa dele! Qdo ele falou tudo aquilo, eu senti um alivio, até pq eu n precisava mais sentir aquela pontada de culpa q eu sentia todo dia. Q nada gente, o pior foi dps...
Uma semana se passou, e ele me bloqueou, sem deixar rastros. Fui perguntar pra amiga dele pq q ele tinha feito aquilo, e ela jogou um balde de agua fria em mim. Disse q eu n entendia nada e q eu tinha colaborado pra depressao dele, q eu só fiz mal pra ele e q eu devia me sentir arrependida diante disso. Eu como qualquer ser humano, tentei me defender na hora, tentando achar razao em mim, mas dps de uns meses percebi q realmente, eu sou uma monstra.
Pedi pra ele me desbloquear pra gente conversar, e foi uma burrice. Ele falou q eu tinha arruinado grande parte da vida dele e q eu q joguei ele no inferno q a vida dele eh, e mto mais coisas ruins q vcs n precisam saber.
Eu me senti acabada, principalmente pq a gente tava tao bem e eu achei q a gente ia conseguir seguir em frente sabe? Eu tinha esperança daquela amizade maravilhosa continuar com tudo. Achei q a gente ia festejar mais festas juninas, zoar, sair pros rolê, se divertir, cheirar pó de giz (KKKKK), entre outras coisas aleatorias. Sabe, eu amava mto ele, mas dps disso tudo oq eu fiz, era de se esperar q ele ia me dar esse tiro.
No inicio, eu tentei me esquecer dele, xingar ele, pensar coisas ruins sobre ele, tentar botar a culpa nele. Achei q em umas semaninhas ele ia voltar pra mim, mas n, ele sumiu...
Ate q, com esse sumiço, comecei a me dar conta do q q eu realmente fiz. Como pude ser tao cruel? Só pensar nos meus sentimentos e n nos dos outros? Como q eu consegui agir achando q era certo qdo na vdd era errado? Gente, eu comecei a me sentir, tao, mas TAO culpada, q a culpa até dói.
Eu sei q vcs devem ta pensando: “Ta, fez e recebeu, eh lei do retorno, lei da acao e reacao”. Mas gente, eu tava tentando ser feliz uma vez na vida, tava tentando ser aceita, e isso nunca tinha acontecido cmg e me confundi dms. Achei q tava fazendo o melhor qdo na vdd eu n deveria ter namorado ninguem isso sim. Mas eu n posso voltar no tempo...
Enfim, abril e maio se passaram, e eu comecei a manifestar sintomas de depressao, por conta das coisas da escola, por conta da cobrança, e principalmente, por conta dessa situacao, pq comecei a sentir mta culpa msm. Fiquei doente do estômago por conta de tudo isso e ainda to meio mal, n consigo comer como antes tbm. Tentei falar com Clóvis umas dezenas de vezes, mas msm assim n tinha papo.
Até q junho começa e me chega uma solicitacao no direct do Insta, era uma menina (vamos chamar ela de Folks), me pedindo dicas pra gravar videos, ate pq eu posto mto video no Insta pra ver se eu me esqueço de tudo isso. Comecei a conversar bastante com ela, principalmente pq ela eh incrivelmente incrivel. Ate q um dia eu tava bem bad e falei sobre todos os meus problemas com ela, e ela me disse... q ela era amiga do Clóvis.
Na vdd sempre desconfiei q ela era amiga dele, por conta de varios motivos, mas n vou ser especifica. Mas n deixou com q eu n ficasse em choque com Folks. Desde entao, ela tem tentado me ajudar a superar isso, conseguiu convencer Clóvis a falar cmg e enfim.
As conversas q eu tive com Clóvis, mais pioraram do q ajudaram, até pq ele dizia q me perdoava, mas q n conseguia nem falar cmg e nem voltar a ser meu amigo. Eu entendo ele pq nem eu to aguentando mais a minha presença. Mas, isso n deixou de doer em mim... E qdo ele me disse q tinha conseguido me esquecer e conseguiu me trocar pela Folks, foi a gota d’água...
Sabe, eu n sabia q eu podia ser trocada como um objeto, achava q era coisa da minha cabeça. Mas ele me trocou, e pela Folks ainda, q eu considerava e considero uma grande amiga...
Ah, o pior n foi isso q ele me falou. O pior foi qdo ele me disse q no inicio da nossa amizade, ele tinha intencoes ruins cmg... não, n eh relacionado a sexo ou coisa do tipo, eh coisa mais sombria. Eu n sei bem falar oq eh pq ele n foi mto especifico, mas isso me doeu tanto, pq eu sempre desejei o bem dele, por mais q eu tenha feito mta besteira com ele...
Entao gente, se eu n tivesse feito tudo isso, será q ele teria feito alguma coisa cmg? Eu sou a culpada ou ele? Nós 2 somos culpados? Eu devo me humilhar pro resto da vida? Ele q tem q se humilhar? Oq q eu devo fazer agora? Essas são duvidas q eu tenho, quem puder esclarecer ou tentar compreender a minha situacao, pfv me ajude. Oq vc faria no meu lugar? Se vc faria a msm coisa q eu, oq faria pra consertar?
Bom, eh essa a minha historia, q ninguem sabe o final... Dclp se foi uma historia mto deprê, mas eh q eu tinha q desabafar em algum lugar, serio msm.
submitted by Felicity4Now to desabafos [link] [comments]


2020.07.29 22:24 Felicity4Now O mundo dá voltas, meu amigo

Olá Luba, editores, papelões mortos e possível convidado que está a ver. Essa é minha primeira vez no reddit, mas fiz o login mais pra desabafar essa história que está pesando demais pra mim. Quem não gosta de histórias deprimentes e longas, pule esse post.
Tudo começou faz 2 anos, em 2018, qdo eu fui para o oitavo ano e resolvi me mudar de colégio pq eu não me dava bem com os colegas da escola anterior (quer dizer, sempre fui meio excluída em todas as escolas que estudei mas enfim). Para a minha surpresa, o pessoal desse colégio aparentemente tinha me aceitado e fiquei mto feliz, finalmente tinha me sentido incluída na escola, deu até um alívio. Mas bem, a história não eh exatamente sobre isso, é sobre oq eu vivi com um amigo meu, vamos chamá-lo de Clóvis. Nunca tinha tido amigos piá, mas nesse ano foi diferente, me dei melhor com os piá do q com as guria. E para a minha surpresa, Clóvis foi, e sempre será, meu melhor amigo, por mais q ele tenha até me esquecido.
A primeira vez q vi Clóvis, ele já me atraiu, sim gente, comecei a ter um crush nele, mas eu ignorei, achei q era coisa da minha cabeça. Enfim, no início, Clóvis era uma pessoa super legal, extrovertida, gente boa, zuera, e foda kkkk. Mas... dps eu descobri q ele tinha depressao, hj eu entendo q a maior parte das pessoas q riem dms são as mais tristes por dentro... sei pq isso aconteceu cmg tbm, mas vou deixar isso pro fim. Por conta da depressao, tentei ajudar Clóvis de todas as maneiras possiveis, dava conselho, brincava com ele, tentava animar ele, mas ele sempre tentava se matar, sem sucesso graças a Deus. Mas isso fez com q meus sentimentos ficassem confusos, pq eu n queria, tipo, namorar alguem baixo astral, já q eu era tbm. Eu sei exatamente oq vcs estão pensando agora, sou uma ignorante msm, eu concordo, n precisam ficar jogando na minha cara pq eu já sei blz?
Enfim, como eu tava mto confusa, acabei me enganando e achei q estava gostando de um amigo dele (vamos chamá-lo de Roberto). Roberto era um cara foda tbm, gente finíssima, alegre e tals, até q ele me pediu em namoro no mês de Maio, mas eu recusei. Dps, Clóvis me pediu em namoro, e eu recusei tbm, n queria arranjar encrenca entre os 2. Mas, no final do mês de Agosto do msm ano, começou a merda. Eu n me lembro mto bem o motivo, porem briguei feio com Clóvis e comecei a namorar o Roberto. SIM, oq eu n queria aconteceu, treta total meus amigos. Vcs devem estar pensando: “mds q BURRA”, pse, eu tbm penso isso de mim tá? Mas n dá pra eu voltar no tempo.
Assim, o namoro q eu tive com o Roberto foi meio q uma amizade colorida (pra vcs terem uma ideia, se beijamos apenas 2 vezes em 8 meses ksks). Na fase auge do namoro, entre Agosto e Outubro, Clóvis continuava brigado cmg, até pq dava pra ver q ele tava super puto cmg por n ter sido aceito, se sentiu trocado e humilhado (tá gente, eu tava confusa, n taquem pedra em mim pq eu já taquei um monte já, pfv). Mas dai no final de Outubro a gente conseguiu fazer as pazes e continuamos bons amigos, junto cmg namorando o Roberto.
Outro ano se passou e todos continuamos estudando na msm escola, ou seja, continuou essa msm confusao, msm com tudo resolvido. Até que, no final de março de 2019, terminei com Roberto, pq ele tinha sido mto imaturo cmg e eu n permiti mais isso, e percebi q n fazia sentido eu ter namorado ele, até pq eu descobri mta coisa ruim dele tbm, mas n vamos entrar em detalhes (caso queiram saber, eu continuo amiga de Roberto hj em dia, pq odeio guardar mágoas das pessoas, ou eh pq sou mto trouxa, enfim).
E dps disso, Clóvis ataca novamente. Ele começou a me paquerar, quer dizer, ele nunca parou, mas foi mais forte dessa vez, e a gente foi contruindo uma relacao ao longo do ano, uma relacao mto, mas mto forte. Continuávamos bons amigos, mas a gente era REALMENTE melhores amigos mais aquele lance de paquera, até pq descobri q nunca tinha parado de gostar dele. (ss, Roberto aparentemente levou um chifre discreto, mas n vamos entrar em detalhes).
Continuando, eu infelizmente tive q mudar de colegio, por conta dos professores, q por mais q eu tirasse nota 10 nas provas eles me humilhavam junto com todo mundo, e por conta das minhas amigas, q andavam me excluindo do grupo delas. Mas minha amizade com o Clóvis foi longe dms, eu acabei dando mto em cima dele sem nem perceber direito e ele se iludiu cmg. No final do mês de Novembro, ele me pediu em namoro.... e advinha oq eu falei? NÃO Serio gente, eu disse não. Ai ai, nem eu creio, mas vamos continuar. Eu disse não por vários motivos, entre eles: 1- Não podia namorar, principalmente pq meus pais n deixam e meio q peguei trauma da historia com o Roberto (chorava todo dia pq odeio mentir, me fez mto mal); 2- Tinha medo q ele se revelasse pra mim e me magoasse, até pq ele eh super negativo e enfim; 3- medo de aceitacao da familia dele; 4- paranóias; 5- medo de começar o namoro e dps ele me largasse; 6- trauma do Roberto; 7- Ficar com depressao por conta do namoro, até pq eu fico mal vendo ele mal; 8- me arrepender.
Tá, podem parecer motivos absurdamente imaturos, mas se coloque no meu lugar, eu sou imatura gente, dclp.
Logo, Clóvis ficou de mal cmg por uma semana, n soube como aceitar aquilo. Mas dai, ele aplicou o golpe baixo dps, o mar diminuiu e dps veio o tsunami, se eh q vcs me entendem.
Ele resolveu q queria ser meu amigo dnv dps de uma semana brigado cmg. Eu achei estranho, mas aceitei ele de braços abertos, ate pq odeio guardar rancor, como disse anteriormente. Mas... ele nunca mais foi o msm, ele ficou mto estranho cmg a partir dai. Ele começou a me sacanear, a zoar dms cmg, mas achei q era coisa da minha cabeça e entao deixei neh.
Até q, no inicio de Março de 2020, era meu aniversario, e Clóvis sabe q eu amo comemorar nesse dia pq adoro festas. Entao, ele simplesmente me bloqueou. Eu n entendendo nada, fui falar com o irmao dele perguntando se tinha acontecido alguma coisa com o Clóvis, e ele me falou q Clóvis estava bravo cmg por conta do q eu fiz. Como já tinha se passado meses, eu achei q ele tinha já superado tudo isso, mas n.
Bem gente, foi ai q veio o tiro. Dps de horas sem me responder, ele me vem me desejando feliz aniversario, me chamando de corna tbm (ele tinha esse costume de me chamar assim por conta do Roberto). Mas eu n curtia mto isso, na maioria das vezes ignorava. Eu fiquei tao triste com aquilo, pq poxa, eu achei q tinha acontecido alguma coisa seria com ele ou q ele tava com raiva de mim, entao, bloqueei ele e fiquei sem falar com ele ate o final do mês. Mas já n aguentava mais, eu amava aquele cara (por mais q eu tenha feito mta coisa ruim). Perguntei pro irmao dele se estava tudo bem com Clóvis, e ele disse q ss.
Logo, me vem uma amiga dele me mandando direct pelo Insta e me falando q ele queria falar cmg. Pensei bem, e como n gosto de guardar rancor, desbloqueei ele. Se eu pudesse voltar no tempo, n teria feito isso de jeito nenhum gente, pq oq aconteceu dps parte meu coracao ate hj.
Conversei com ele e ele falou tudo oq eu queria ouvir, q sentia mto e q ele havia agido com mta imaturidade, disse q eu tava confusa com meus sentimentos e q ele devia ter me entendido antes. Ai gente, eu tinha ficado tao, mas tao orgulhosa dele! Qdo ele falou tudo aquilo, eu senti um alivio, até pq eu n precisava mais sentir aquela pontada de culpa q eu sentia todo dia. Q nada gente, o pior foi dps...
Uma semana se passou, e ele me bloqueou, sem deixar rastros. Fui perguntar pra amiga dele pq q ele tinha feito aquilo, e ela jogou um balde de agua fria em mim. Disse q eu n entendia nada e q eu tinha colaborado pra depressao dele, q eu só fiz mal pra ele e q eu devia me sentir arrependida diante disso. Eu como qualquer ser humano, tentei me defender na hora, tentando achar razao em mim, mas dps de uns meses percebi q realmente, eu sou uma monstra.
Pedi pra ele me desbloquear pra gente conversar, e foi uma burrice. Ele falou q eu tinha arruinado grande parte da vida dele e q eu q joguei ele no inferno q a vida dele eh, e mto mais coisas ruins q vcs n precisam saber.
Eu me senti acabada, principalmente pq a gente tava tao bem e eu achei q a gente ia conseguir seguir em frente sabe? Eu tinha esperança daquela amizade maravilhosa continuar com tudo. Achei q a gente ia festejar mais festas juninas, zoar, sair pros rolê, se divertir, cheirar pó de giz (KKKKK), entre outras coisas aleatorias. Sabe, eu amava mto ele, mas dps disso tudo oq eu fiz, era de se esperar q ele ia me dar esse tiro.
No inicio, eu tentei me esquecer dele, xingar ele, pensar coisas ruins sobre ele, tentar botar a culpa nele. Achei q em umas semaninhas ele ia voltar pra mim, mas n, ele sumiu...
Ate q, com esse sumiço, comecei a me dar conta do q q eu realmente fiz. Como pude ser tao cruel? Só pensar nos meus sentimentos e n nos dos outros? Como q eu consegui agir achando q era certo qdo na vdd era errado? Gente, eu comecei a me sentir, tao, mas TAO culpada, q a culpa até dói.
Eu sei q vcs devem ta pensando: “Ta, fez e recebeu, eh lei do retorno, lei da acao e reacao”. Mas gente, eu tava tentando ser feliz uma vez na vida, tava tentando ser aceita, e isso nunca tinha acontecido cmg e me confundi dms. Achei q tava fazendo o melhor qdo na vdd eu n deveria ter namorado ninguem isso sim. Mas eu n posso voltar no tempo...
Enfim, abril e maio se passaram, e eu comecei a manifestar sintomas de depressao, por conta das coisas da escola, por conta da cobrança, e principalmente, por conta dessa situacao, pq comecei a sentir mta culpa msm. Fiquei doente do estômago por conta de tudo isso e ainda to meio mal, n consigo comer como antes tbm. Tentei falar com Clóvis umas dezenas de vezes, mas msm assim n tinha papo.
Até q junho começa e me chega uma solicitacao no direct do Insta, era uma menina (vamos chamar ela de Folks), me pedindo dicas pra gravar videos, ate pq eu posto mto video no Insta pra ver se eu me esqueço de tudo isso. Comecei a conversar bastante com ela, principalmente pq ela eh incrivelmente incrivel. Ate q um dia eu tava bem bad e falei sobre todos os meus problemas com ela, e ela me disse... q ela era amiga do Clóvis.
Na vdd sempre desconfiei q ela era amiga dele, por conta de varios motivos, mas n vou ser especifica. Mas n deixou com q eu n ficasse em choque com Folks. Desde entao, ela tem tentado me ajudar a superar isso, conseguiu convencer Clóvis a falar cmg e enfim.
As conversas q eu tive com Clóvis, mais pioraram do q ajudaram, até pq ele dizia q me perdoava, mas q n conseguia nem falar cmg e nem voltar a ser meu amigo. Eu entendo ele pq nem eu to aguentando mais a minha presença. Mas, isso n deixou de doer em mim... E qdo ele me disse q tinha conseguido me esquecer e conseguiu me trocar pela Folks, foi a gota d’água...
Sabe, eu n sabia q eu podia ser trocada como um objeto, achava q era coisa da minha cabeça. Mas ele me trocou, e pela Folks ainda, q eu considerava e considero uma grande amiga...
Ah, o pior n foi isso q ele me falou. O pior foi qdo ele me disse q no inicio da nossa amizade, ele tinha intencoes ruins cmg... não, n eh relacionado a sexo ou coisa do tipo, eh coisa mais sombria. Eu n sei bem falar oq eh pq ele n foi mto especifico, mas isso me doeu tanto, pq eu sempre desejei o bem dele, por mais q eu tenha feito mta besteira com ele...
Bom, eh essa a minha historia, q ninguem sabe o final... Dclp se foi uma historia mto deprê, mas eh q eu tinha q desabafar em algum lugar, serio msm.
Gente, julguem dá forma que vcs quiserem, eh isso
Bjs <3 (vamos ver se Luba me nota, vai q ele me dá uma luz neh?)
submitted by Felicity4Now to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.28 19:20 marilu_010 A MINHA FILHA MERECE MAIS QUE VOCE LOGO VC TEM QUE DAR ISSO PRA ELA

Olá turma, Espíritos dos papéis no aumentativo, gatas lindas, meu lindo editor e o luba Hoje vou contar como eu quase perdi meu namorado por culpa da minha irmã idiota Eu tenho os pais separados desde meus oito anos (antes disso n tinha mta presença paterna) mas enfim, eu tenho 6 irmãos, 5 por parte de pai e 1 por de mãe. 4 mais velhos (pai) 2 mais novas (mãe e pai)...(guardem isso) Eu hoje em dia tenho 15 anos e namoro o mesmo cara (de 19) a quase 2 anos, e vai parecer bobo mas quero me casar é com ele até minha mãe fala pra mim fazer isso. Uma das minhas irmãs por parte de pai Tem 33 anos e nem namora, está terminando a faculdade de Medicina e quer se casar.. A mãe dela q nunca foi com a minha cara, chamou eu e meu pai pra almoçar lá esses dias e me perguntou - Maria como vai a vida amorosa, tá cheia de namoradinho? -Na verdade dona (Vou falar outro nome ) Jarls eu tô com o mesmo homem a quase 2 anos - ouvi dizer q já pensa em casar, tá nova demais, vc poderia dar seu namorado pra minha filhinha -como é q é Jarls?Eu tenho q dar o homem da minha vida pra sua filha mimadinha?(ela tem 33anos essa minha irmã e até hoje é sustentada pelos pais) - É que você n precisa, entt vc Tem q dar pra ela Essa discussão sobre dar uma pessoa que tem sentimentos durou horas até que ela se estressou e jogou em mim a bebida dela (era café N sei pq mas ela gosta de tomar depois do almoço) n me queimei relaxem pq tirei a blusa rápido e só fechei o casaco (fiz isso no banheiro ) Depois disso a família inteira n quis falar comigo pq dizendo eles eu fui extremamente egoísta. Hoje estou super feliz com ele e de vez enquanto minha irmã cria números falsos e manda msg pra ele falando pra terminar comigo. É isso lubixco Beijos -4+1
submitted by marilu_010 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 06:22 needplastic Sou insuficiente e isso está me destruindo. (Talvez eu me mate, quem sabe?)

Tá, existem várias coisas fodidas que podem acontecer com alguém, ser feio não é NADA, mas isso está acabando comigo.
Tenho 22 anos, sou bv, virgem, nunca tive um encontro na vida, ninguém nunca se apaixonou por mim, nenhum cara nunca se interessou por mim.
Eu não ligaria pra nada disso se houvesse algo de positivo no resto da minha vida além disso, mas não tem nada.
Desde meus 3 anos que já morei com 4 pessoas diferentes, em 4 casas diferentes, e no fim das contas nenhuma delas é meu lar, eu não tenho mãe, não tenho casa, não tenho um porto seguro no mundo.
Atualmente moro com a minha avó que é bem idosa, o intuito é que eu cuide dela... mas é difícil, tendo em conta que ela me odeia, me cobra, me humilha e inventa mentiras sobre mim para o resto da família (ela já disse pra minha tia que eu bati nela, sendo que eu nunca encostei nela e eu nem teria força pra isso, apesar de idosa ela é gordinha e é mais forte que eu, sou pequena e meus braços são fracos, nem garrafa de água eu abro com facilidade, às vezes nem sequer consigo abrir).
Minha memória é ruim, não lembro das coisas que aconteceram antes, a maioria das coisas é o que me contam, mas tem bastante tempo que moro aqui, no mínimo 6 anos. E foram 6 anos sendo inferiorizada por ela, às vezes ela fica uns 3 meses sem fazer nada de ruim, mas ela SEMPRE volta a fazer.
Na escola eu sofria bullying, sou feia e minha infância maluca me fez ser meio antissocial, então somando esses fatos = bullying, acho até que era merecido pois eu não me arrumava pro colégio nem nada do tipo, eu era bem gordinha também e adolescente gosta de zoar isso.
Na internet era o oposto, eu que avacalhava todo mundo, era uma forma de deixar sair todo sentimento ruim que tenho.
Estou me formando na faculdade esse ano. Nunca estudei, tenho algum problema de concentração eu acho, só sei que não estudo e nem tenho ambição profissional.
Esse ano comecei a namorar, é pela internet então eu só mando fotos boas, em bons ângulos, com algumas edições... às vezes ele fala que me acha bonita, mas sempre que ele elogia outra garota e eu pesquiso o nome dela pra ver a aparência, eu sempre me sinto triste porque são mulheres muito muito muito mais bonitas do que eu, não chego nem aos pés.
2021 é o ano decisivo. Ou eu vou ir pra cidade dele sem nenhum parente meu saber meu endereço (eu juntei um pouquinho de dinheiro, o suficiente pra pagar uns 3 meses de aluguel apenas, nada mais). Mas, o medo de decepcionar ele ou de tudo dar errado está me fazendo desistir, então tem a outra opção...
Ou eu me mato.
Cansei de viver aqui nessa casa, cansei de ser horrível, cansei de ser chata, minha presença é insuportável até pra mim mesma. Não aguento me sentir a mesma menina de 16 anos, que não tirava foto e usava fake no facebook/orkut, sou burra, não aprendo nada da escola nem da faculdade.
Nem era pra eu existir, entende? Viver sabendo que sua existência foi um erro... é diferente, a sensação é diferente.
E eu não tenho vício em tristeza, eu amo gente feliz, amo os pequenos momentos de alegria que tenho às vezes.
Tem alguns motivos que fizeram com que eu não me matasse ainda: plásticas.
É, eu penso em fazer várias plásticas, emagrecer mais, definir o corpo um bocado. Mas eu precisaria de pelo menos 14 mil reais pra essas plásticas e as chances de eu conseguir isso antes de me mudar (pro meu namorado nunca ver os defeitos da minha cara) são bem baixas, eu fiz vários bicos pra juntar a quantia que tenho para os alugueis, mas isso demorou muito.
Morrer é mais fácil, mas existe o medo por ser uma decisão definitiva e não saber o que me aguarda.
Eu vou pro inferno, sabe? Sofri aqui, pra depois ir sofrer no pós-vida, Deus é amor, mas acho Deus cruel.
Se alguém ler isso algum dia toca aqui \o
submitted by needplastic to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 15:27 Umbixofeio " Não tô nem aí pros nudes, deixava que eu descobrisse sozinha"

Oi Lubinha, turma linda que está a ver, editores fantásticos, gatas maravilhosas, falecidos papelões, não sei se tem convidado, mas enfim... Oi kkk
Queria contar a vocês uma história que, fez eu me distanciar de uma parcela do meu grupo de amigos e separar um casal (que aliás eles voltaram recentemente, mas enfim.)
Contexto (tentarei ser breve):
Na escola eu andava com um grupinho de amigos que conheço desde os meus 4 anos de idade, sempre foi muito divertido a nossa relação e companheirismo.
Dentro desse grupo tem uma garota a Azul.
Azul é uma pessoa extrovertida e sentimental, quando ela gosta de alguém ela realmente se entrega e quase todos os namorados dela, desprezaram dessa entrega que ela fazia.
O namorado de azul, chamaremos de White, vacilou várias vezes com ela. Eles viviam de idas e vindas, já terminaram várias vezes por assuntos diversos, porém sempre voltavam.
Agora vamos para a história propriamente dita:
O ano era 2019, Azul e White estavam juntos e pareciam melhores do que nunca, mesmo eu não gostando da forma que minha amiga sofria com aquele cara, estava feliz de ver ela sorrindo.
O tempo foi passando e as coisas estavam ótimas, até que um dia, pós aula de educação física, eu tinha acabado de sair do banho e percebi que, havia um grupo de meninos envolta de alguém, não sabia o que era, e quando fui ver, o White tava mostrando nudes de alguém, no momento suspeitei que poderia ser minha amiga, mas esperei pra ter certeza.
Quando ouvi aquilo eu corri para o box, me troquei e fui pra sala, encontrei Azul no seu lugar de sempre, pedi pra conversar com ela, no final da aula, ela concordou, mas ficou assustada.
A aula passou e esperamos todos saírem da sala, para conversarmos.
Eu agarrei ela e segurei, dava pra perceber que ela tava chorando, ela parecia muito mal, mas eu acho que deveria contar logo tudo...
Ela me empurrou e olhou pra mim...
Ela saiu da sala, depois de um tempo eu fui também, a questão é que... Depois disso alguns amigos meus disseram que eu deveria cuidar da minha vida e outros que eu fiz a coisa certa. Sinceramente, acho que podeira ter ficado calado, mas era minha amiga, não queria que ela ficasse mal.
E sim eles terminaram, mas voltaram e terminaram de novo, e agora estão juntos de novo... Aparentemente eles vão viver nesse ciclo e eu não posso fazer nada, pois ela não quer falar comigo.
História clichê, mas ainda não sei ao certo se fui babaca ou não...
Bem... É isso, beijos! Obrigado por verem, me digam o que acham por favor.
submitted by Umbixofeio to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.25 11:59 tiarinhabaixa Sou babaca por expulsar o meu irmão da casa da minha mãe?

Olá turma, lubinha, gatas e editores! Como cês estão? Eu espero que bem, pois, euzinha não estou. Como diz o título, estou perturbada ultimamente, carregando o peso de uma possível culpa. E pensando ou não em compartilhar com vocês, optei em sim, compartilhar e ter uma visão diferente da minha nessa situação horrível.
Minha mãe teve quatro filhos com quatro homens diferentes, ela não comenta muito sobre nenhum, mas meu pai (atual homem no qual ela está casada), acabou contando sobre esses três homens (que eu espero muito NUNCA conhecer). E antes de contar o que realmente aconteceu para eu ter expulsado meu irmão mais velho, quero que vocês entenda um pouco o contexto dos meus motivos.
Contexto:
Como disse anteriormente, minha mãe acabou se envolvendo com homens diferentes em sua vida, e acabou engravidando de alguns deles. O primeiro homem no qual engravidou a minha mãe, não quis assumir a responsabilidade do filho e abandonou minha mãe grávida, como na época, minha mãe era muito jovem, ela entrou em desespero total e acabou tendo que deixar o meu irmão sobre os cuidados da minha vó. E apesar da minha vó ter aceitado cuidar do meu irmão, é claro que ela julgou minha mãe pela falta de responsabilidade consigo mesma ao ponto de confiar em um homem assim, e os meus "tios" (não considero eles tios) ao invés de dar um apoio, apenas julgou mais e mais ainda. Isso abalou totalmente o psicológico da minha mãe, mas pelo bem do meu irmão, ela aceitou tudo.
O segundo homem no qual ela ficou grávida, era totalmente tóxico e agressivo (sim, ele batia nela) e ela não suportando mais aquela situação, acabou fugindo dele, tendo que deixar outra vez sua filha (minha segunda irmã mais velha) sobre os cuidados da minha vó. Já o terceiro homem, esse, nem meu pai sabe o que aconteceu, mas por observar as reações da minha mãe quando cita sobre esse cara, foi um dos homens no qual mais lhe feriu. E a única que sabe sobre ele, é a minha terceira irmã, que também não gosta nenhum pouco de falar dele.
Vocês devem estar se perguntando do porquê eu está falando disso, então irei explicar: Minha terceira irmã (Vamos chamá-la de Bruna) e eu, fomos criadas juntas pela minha mãe, diferente dos meus outros dois irmãos (Vamos chamá-los de John e Maria) que foi criados pela minha vó. John e Maria, sempre teve ciúmes de nós (Bruna e eu) por ter sido criados pela minha mãe, e eu até entendo o motivo deles, MAS, diferente da Maria que entende os motivos pelo qual foram criados pela minha vó, John não aceita isso, e em todas as brigas que temos com ele, o mesmo aponta que tivemos a oportunidade de sermos criados pela minha mãe e ele não, que ele e Maria foram abandonados.
Minha mãe, apesar de não comentar, é a que mais sofre com esses tipos de comentários, chegando a se culpar por esse sofrimento que meu irmão passou, chorando horrores as escondidas. E isso me afeta para um caralho, porque todo (ou quase) filho não gosta de ver a sua mãe sofrer.
E esses taques de ressentimentos dele, também me afeta, porque eu o admiro bastante, mas amo em um nível extremo a minha mãe, considero ela a mulher mais forte que conheço e para mim ela sempre será um exemplo de que "por mais difícil que seja, um dia vou ser feliz". Eu tento, de coração, entender essas mágoas que o meu irmão tem, mas estou extremamente cansada dessa situação toda. E então, chegamos no dia em que não aguentei mais e acabei tomando uma atitude.
O dia em que expulsei meu irmão de casa:
Minha mãe tem uma regra importante em casa: Não leve seu namorado para dormir em casa, a não ser, que você seja casado com ele. E eu, sempre respeitei essa regra, Bruna também respeitou e Maria também. MAS, meu irmão, acabou não respeitando essa pequena regra e levou sua namorada para dormir aqui em casa.
Ele explicou que a sua namorada havia brigado feio com o seu pai e que a mesma lhe pediu ajuda. Certo, ele acabou ajudando ela, e tudo bem, quem não ajudaria o seu namorado em uma situação dessas, né? MAS, o real problema disso, é que ele não havia comentado que ela iria ficar aqui, só comentou quando ELA já estava aqui.
E isso só não deixou minha mãe puta, como também me deixou puta de raiva com ele. Mas acolhemos a garota muito bem, dando nosso apoio emocional. Eu acabei dividindo meu quarto com ela (era uma das condições para ela dormir aqui, já que ele desrespeitou uma regra que todas as outras respeitou), e ele mesmo não gostando da ideia, acabou aceitando.
Okay, as coisas estavam resolvidas, o que daria de errado? Bom, o simples fato de que ele, no meio da noite, entrou no meu quarto e ficou com ela. "Mas o que tem de errado nisso?", não teria nada de errado, se fosse o fato dele ter apenas ficado ali, PORÉM, os dois acabaram TRANSANDO no MEU quarto e na MINHA presença. Ele achou que estava dormindo, e eu realmente estava dormindo de início, mas como tenho sono fraco, acabei acordando e presenciando essa cena desconfortável. E aquilo foi a gota da água.
Eu já não estava bem com a simples razão de ter que dividir o meu quarto com alguém que não conheço, ela era a namorada dele e não a minha, mas aceitei mesmo não gostando da ideia. Agora ele me desrespeitar e transar com a ela na MINHA presença? Isso foi um absurdo para mim. Eu respeito a privacidade de todo mundo, para que assim, respeitassem a minha também, mas ele não fez isso. Comentei com a minha mãe sobre a minha noite desagradável, e a mesma, depois da garota ter ido embora, foi tirar satisfação com o meu irmão. E então, chegou o cenário que eu explodi.
Meu irmão começou negando ter acontecido algo, mas como eu afirmei o que tinha ouvido, o mesmo começou a entrar na ofensiva, dizendo diversas coisas que afetaria a minha mãe, mas o que foi a razão de tudo, foi ele colocar o "abandono da minha mãe" nessa situação. Isso me tirou do sério total, e em um ato incontrolável, acabei mandando ele ir embora de casa. A discussão que era apenas dele e da minha mãe, agora era minha e do meu irmão, o mesmo apontou que eu não era a dona daquela casa para mandar ele ir embora e minha mãe e meu pai tentou me impedir, mas eu estava totalmente alterada, cansada dele sempre ter que culpar a minha mãe por tudo. Então com raiva, disse bem claro para John que se ele não fosse embora por conta própria, eu o colocaria para fora, ele não acreditou de imediato, mas eu fiz o que eu disse.
Entrei no quarto dele e comecei a pegar todos os seus pertences e roupas, colocando os próprios na rua. Isso foi chamando a atenção dos vizinhos, mas não me importei, continuei colocando tudo dele na rua, enquanto gritava para que o mesmo fosse embora. Nessa situação toda, acabei desabafando também, comentando tudo o que eu achava dessa atitude infantil dele de sempre ter que colocar o passado em situações que não tem nada haver, falei que não aguentava mais esses ressentimentos e que se fosse para ele continuar no passado, que ele não voltasse ali. E assim, acabei cortando todos os tipos de laços que tenho com o mesmo e expulsei da casa da minha mãe.
Então turminha, sou babaca por tê-lo expulsado?
submitted by tiarinhabaixa to TurmaFeira [link] [comments]


QUERO FAZER UM BEBÊ, TROLEI MEU NAMORADO (ELE ACEITOU ... 6 SINAIS que provam ELE GOSTA de você de VERDADE - YouTube TROLLEI MEU NAMORADO FINGI SER A EX DELE - YouTube Starstruck Meu Namorado É Uma Super Estrela Dublado ... SEU NAMORADO NÃO GOSTA DE TRABALHAR Porque cara feio fica com mina bonita Sinais Que Uma Pessoa Gosta de Você [O que Fazer?] - YouTube 10 SAFADEZAS QUE HOMEM GOSTA DE OUVIR NA CAMA!!! - YouTube IRRITANDO MEU NAMORADO POR 24 HORAS * tomei tapa na cara ... NAMORADO DE YOUTUBER.

O que fazer quando o seu namorado chama outras mulheres de ...

  1. QUERO FAZER UM BEBÊ, TROLEI MEU NAMORADO (ELE ACEITOU ...
  2. 6 SINAIS que provam ELE GOSTA de você de VERDADE - YouTube
  3. TROLLEI MEU NAMORADO FINGI SER A EX DELE - YouTube
  4. Starstruck Meu Namorado É Uma Super Estrela Dublado ...
  5. SEU NAMORADO NÃO GOSTA DE TRABALHAR
  6. Porque cara feio fica com mina bonita
  7. Sinais Que Uma Pessoa Gosta de Você [O que Fazer?] - YouTube
  8. 10 SAFADEZAS QUE HOMEM GOSTA DE OUVIR NA CAMA!!! - YouTube
  9. IRRITANDO MEU NAMORADO POR 24 HORAS * tomei tapa na cara ...
  10. NAMORADO DE YOUTUBER.

Meu nome é Mahmoud Baydoun. Sou psicólogo, sexólogo e puta nas horas vagas. Ajudo pessoas, principalmente mulheres, a conquistarem a liberdade sexual. Se voc... ═╣ 🉐 Veja a técnica que faz qualquer homem correr atrás de você e os depoimentos de alunas usando a técnica 🉐╠═ Para ter acesso gratuito clique no Link: http... o vÍdeo de hoje eu trouxe meu namorado para gravar uma tag comigo, a tag se chama 'namorado de blogueira' mas como nÃo sou blogueira(nÃo tenho blog) , adaptei as peguntas para o mundo de ... DEIXEM SEU LIKE E INSCREVAM-SE, TEMOS VÍDEOS NOVOS TODA SEMANA. 🎬 INSTAGRAM DA NOSSA LOJA: 🛒 https://instagram.com/jl.outlett?utm_source=ig_profile_share&igs... Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. Artur: https://bit.ly/2xPiScP @Artur Radamés: https://bit.ly/2zG83es @RadamesKeller Twitter: https://bit.ly/2DJwJH8 @FofoqueiOficial AMORES ESPERO Q GOSTEM DEIXE MUITO LIKE 😍 me segue no insta 😍 @gerusamarques12 Obg por ler Mistérios do amor. Saiba o que esse sentimento modifica nosso olhar e aprenda a tomar cuidado com as armadilhas que podem destruir o romance. MEU INSTAGRAM: ... SEJA AVISADO DE TUDO: SEJA AVISADO DE AULAS NOVAS: https://live.thiagoburigatto.com.br/yt (Telegram) SEJA AVISADO QUANDO EU ENTRAR NO AR + CONTEÚDO EXCLUS... SE INSCREVA NO MEU CANAL Anderson Augusto Moreno Email para contato [email protected] ... SEU NAMORADO NÃO GOSTA DE TRABALHAR Anderson Augusto Moreno ... Tem moto cara mas não tem ...